COVID-19: casos ultrapassam marca de 10 milhões na Europa

© Folhapress / Cecilia FabianoProfissionais da saúde atendem paciente infectado pela segunda onda da COVID-19 no Hospital San Filippo Neri, em Roma, na Itália
Profissionais da saúde atendem paciente infectado pela segunda onda da COVID-19 no Hospital San Filippo Neri, em Roma, na Itália - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Os novos casos de COVID-19 dobraram na Europa em um período de cinco semanas e a região ultrapassou neste domingo (1º) a marca de dez milhões de diagnósticos desde o início da pandemia, informou a Reuters.

De acordo com a contagem realizada pela agência de notícias, no mês passado, tanto a América Latina como a Ásia reportaram mais de dez milhões de casos cada, enquanto os Estados Unidos sozinhos somam mais de nove milhões, com um surto que vem acelerando rapidamente nos últimos dias.

Apesar de a Europa ter levado quase nove meses para registrar os primeiros cinco milhões de casos, os cinco milhões seguintes chegaram em pouco mais de um mês, segundo a Reuters.

Com aproximadamente 10% da população mundial, a Europa registra quase 22% dos casos de COVID-19 no mundo, que soma um total de 46,3 milhões de infecções. Além disso, com 269 mil mortes, a região acumula quase 23% dos óbitos mundiais, de um total de quase 1,2 milhão. 

Após o crescimento recente de casos, França, Alemanha e Reino Unido anunciaram lockdowns nacionais por pelo menos um mês, medidas que são tão severas quanto as impostas em março e abril. Portugal, por sua vez, decidiu impor um fechamento parcial, enquanto Espanha e Itália estão incrementando as restrições já impostas.

Nas últimas 24 horas, de acordo com os dados divulgados pelos governos locais, a França registrou mais de 46 mil casos, enquanto na Itália foram quase 30 mil e, no Reino Unido, mais de 23 mil. Já na Alemanha foram mais de 14 mil casos reportados ontem (31).

Além da imposição de novas medidas restritivas, alguns países estão sendo obrigados a lidar com a insatisfação da população local, que tem se reunido para protestar contra as decisões governamentais. Na última madrugada, agentes da polícia foram atacados por centenas de jovens em Frankfurt, na Alemanha, enquanto mais de 50 pessoas foram presas em toda a Espanha, após confrontos com a polícia em cidades como Madri, Logrono, Bilbao, Santander e Málaga, entre outras.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала