Centenas de pessoas atacam a polícia em cidade alemã enquanto país prepara novo lockdown

© REUTERS / Kai PfaffenbachEm Frankfurt, pessoas usam máscaras enquanto caminham ao lado de uma placa pedindo que as pessoas cubram seus narizes e bocas em meio à pandemia da COVID-19, em 27 de outubro de 2020
Em Frankfurt, pessoas usam máscaras enquanto caminham ao lado de uma placa pedindo que as pessoas cubram seus narizes e bocas em meio à pandemia da COVID-19, em 27 de outubro de 2020 - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Policiais na cidade de Frankfurt, no centro da Alemanha, foram atacados durante a noite por centenas de jovens furiosos que se reuniram na praça principal em violação das restrições ao novo coronavírus, disse a polícia local neste domingo (1º).

Segundo o relato da polícia, conforme publicado pelo site alemão Bild, diversos policiais patrulhavam a praça Hauptwache e a rua comercial Zeil na noite do sábado (31), quando foram atingidos com pedras, garrafas e ovos "sem motivo óbvio". Ao longo da pandemia, protestos contra as medidas de restrições sociais foram relatados em diversas cidades da Alemanha.

Ainda conforme o relato oficial, cerca de 500 a 800 pessoas se reuniram espontaneamente para atacar os oficiais, "sem seguir as regras do novo coronavírus", que exigem distanciamento social. Nove pessoas foram presas, mas oito delas foram libertadas por falta de provas. Um jovem de 17 anos continua sob custódia.

© AP Photo / Markus SchreiberEm Berlim, a chanceler alemã, Angela Merkel, chega de máscara a uma reunião de gabinete do governo alemão durante a pandemia da COVID-19, em 21 de outubro de 2020
Centenas de pessoas atacam a polícia em cidade alemã enquanto país prepara novo lockdown - Sputnik Brasil
Em Berlim, a chanceler alemã, Angela Merkel, chega de máscara a uma reunião de gabinete do governo alemão durante a pandemia da COVID-19, em 21 de outubro de 2020

Esta é a segunda noite consecutiva de ataques à polícia no principal centro financeiro da Alemanha, após o anúncio da chanceler Angela Merkel, na quarta-feira (28), de que o país voltará a ter um lockdown parcial pelo período de um mês a partir da segunda-feira (2), em uma tentativa de limitar a propagação do vírus.

A Alemanha, assim como diversos países europeus, vive um aumento do número de casos e mortes. Segundo os dados da Universidade Johns Hopkins, a Alemanha acumula 540.609 casos do novo coronavírus e 10.509 mortes causadas pela doença.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала