Exército dos EUA desenvolve canhão capaz de atingir Moscou, diz mídia (FOTOS)

© AP Photo / Eric RisbergEncouraçado USS Iowa dos EUA realizando disparo no golfo Pérsico, 16 de dezembro de 1987
Encouraçado USS Iowa dos EUA realizando disparo no golfo Pérsico, 16 de dezembro de 1987 - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Os Estados Unidos estão desenvolvendo uma nova arma com alcance intercontinental, capaz de atingir Moscou ou Pequim.

O Exército dos EUA está desenvolvendo um novo canhão que teria um alcance superior a 1.600 quilômetros, escreve o portal Popular Mechanics. O Canhão Estratégico de Longo Alcance (SLRC, na sigla em inglês) seria capaz de atingir alvos à distância de até 1.150 milhas (1.850 quilômetros), ou seja, disparar 50 vezes mais longe do que armas similares existentes.

Anteriormente, o portal publicou fotos vazadas do canhão, que pode representar um avanço revolucionário para a artilharia.

​O Canhão Estratégico de Longo Alcance (SLRC) do Exército dos EUA pode alcançar mil milhas ou mais

Uma comissão especial formada pelas Academias Nacionais de Ciências, Engenharia e Medicina está atualmente estudando a viabilidade da tecnologia, com planos para testar um protótipo em 2023.

O SLRC está sendo projetado como uma arma rebocada por um veículo pesado. Seu grande alcance poderia ser usado para atingir inimigos contornando suas defesas marítimas e aéreas.

Contudo, sendo um sistema baseado em terra, o canhão encara limitações, uma vez que precisaria de aeródromos suficientemente próximos, um espaço aéreo seguro, e ser transportado pela Força Aérea como arma pesada.

© Foto / Naval Sea Systems CommandCanhão eletromagnético da Marinha dos EUA
Exército dos EUA desenvolve canhão capaz de atingir Moscou, diz mídia (FOTOS) - Sputnik Brasil
Canhão eletromagnético da Marinha dos EUA

Além disso, também demandaria a permissão de outros Estados para ser usado em seus territórios. Como uma arma baseada em um veículo, também estaria limitada a estradas pavimentadas.

Uma possível solução, conforme descreve o portal, poderia ser implantar o canhão em navios. Esta opção tornaria possível sua rápida realocação, evitando se tornar um alvo de forças inimigas.

O SLRC poderia ser instalado em novas classes de navios de guerra, permitindo a estes alcançar alvos a distâncias nunca antes vistas.

Segundo o Popular Mechanics, a partir do mar do Norte, os EUA poderiam atingir alvos na Rússia, até mesmo Moscou. No oceano Índico, um navio de guerra com essa arma poderia atingir a maior parte do Paquistão, Afeganistão, Irã, Iêmen e Somália.

Posicionados no oceano Pacífico, poderiam disparar contra regiões da Coreia do Norte e da China, como Xangai e Pequim.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала