Twitter remove agência de notícias RIA Novosti de seu sistema de busca

Nos siga noTelegram
A introdução de restrições a veículos de imprensa russos continua a todo vapor por redes sociais norte-americanas. Desta vez, Twitter apagou a conta da RIA Novosti do seu sistema de busca.

Internautas que não seguem a conta da agência de notícias no Twitter não poderão mais encontrá-la nem na Rússia nem em outros países. Anteriormente, os perfis do RT e da Sputnik haviam sido bloqueados da mesma forma.

"Consideramos tais restrições por parte do Twitter um ato de censura da mídia, o que é expressamente proibido pela Constituição russa". A rede social não responde às nossas perguntas e não explica suas decisões", declarou a assessoria de imprensa da RIA Novosti, do grupo midiático Rossiya Segodnya.

Em agosto, a gerência do Twitter disse que começaria a marcar as páginas de mídia que estivessem sob controle das autoridades. No entanto, esta regra não é aplicada a todos.

© AP Photo / Richard DrewLogotipo do Twitter
Twitter remove agência de notícias RIA Novosti de seu sistema de busca - Sputnik Brasil
Logotipo do Twitter

"As mídias [norte-americanas] Voz da América ou Rádio Liberdade não têm essa marca. Por outro lado, a conta pessoal de Margarita Simonyan [editora-chefe do canal RT e da agência Sputnik] foi marcada. Isto é o que se chama igualdade e justiça. E é, naturalmente, a 'liberdade de expressão correta', como viveríamos sem ela? Pedimos que considerem este post um apelo ao Serviço Federal de Supervisão de Comunicações, Tecnologia da Informação e Meios de Comunicação de Massa", acrescentou o serviço de imprensa.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала