Exército dos EUA realiza exercícios simulando 'batalha contra Rússia e China', aponta portal (VÍDEO)

© Sputnik / Mikhail VoskresenskySistema de mísseis antiaéreos Pantsir-SM no polígono de Alabino
Sistema de mísseis antiaéreos Pantsir-SM no polígono de Alabino - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Os exercícios foram realizados em meio a crescentes atividades de reconhecimento da OTAN perto das fronteiras russas nos mares Báltico e Negro, forçando os militares russos a enviar caças para interceptar os aviões espiões da Aliança Atlântica.

Um vídeo do exercício militar denominado Projeto Convergência, que terminou na semana passada no Arizona, foi publicado na conta do YouTube do Exército dos EUA.

O portal militar Defence News descreveu os exercícios, que duraram várias semanas, como um esforço que "agrega armas e capacidades futuras previstas para um campo de batalha da década de 2030 contra adversários semelhantes, como a Rússia e China".

Durante os treinamentos, aviões de guerra interagiram com sistemas de posicionamento, navegação e sincronização assegurados (APNT, na sigla em inglês) para "danificar e destruir equipamentos militares que modelavam sistemas de defesa antiaérea russos Pantsir e outros armamentos".

Os exercícios militares ocorreram em meio ao aumento de voos de aviões espiões da OTAN perto das fronteiras russas durante os últimos meses.

De acordo com o ministro da Defesa da Rússia Sergei Shoigu, caças russos têm sido acionados com regularidade para interceptar aviões de reconhecimento e bombardeiros que simulam ataques de mísseis.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала