- Sputnik Brasil
Notícias do Brasil
Notícias sobre política, economia e sociedade do Brasil. Entrevistas e análises de especialistas sobre assuntos que importam ao país.

COVID-19: Rio de Janeiro prorroga restrições até 6 de outubro

© REUTERS / Ricardo MoraesPedestres usam máscaras protetoras em mercado de rua no Rio de Janeiro, 16 de setembro de 2020
Pedestres usam máscaras protetoras em mercado de rua no Rio de Janeiro, 16 de setembro de 2020  - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O governador em exercício do Rio de Janeiro, Cláudio Castro, prorrogou até o dia 6 de outubro algumas medidas restritivas de enfrentamento à COVID-19.

O governo confirmou a suspensão de eventos com a presença de público, como shows, e a permanência nas praias e lagoas, informou Agência Brasil. A previsão de retorno às aulas na rede estadual de educação, inclusive nas unidades de ensino superior, continua sendo o dia 5 de outubro.

A retomada das aulas somente vai ser autorizada em regiões de baixo risco de contaminação por, no mínimo, duas semanas seguidas.

O documento foi publicado no Diário Oficial na sexta-feira (18). A medida mantém a alteração de funcionamento de bares e restaurantes, que podem continuar atendendo ao público com 50% da sua capacidade de lotação, até 1h da madrugada, mas com a proibição do consumo de bebidas alcoólicas em ambiente externo depois das 22h.

Ficam autorizados os serviços de consumo de bebidas alcoólicas apenas para clientes acomodados e sentados em mesas e cadeiras nas áreas internas e externas, respeitando o distanciamento mínimo de um a dois metros. Música ao vivo e sistema de atendimento self-service continuam suspensos.

Também fica proibido, aos sábados, domingos e feriados, o estacionamento de veículos particulares em toda a orla da cidade do Rio de Janeiro. É obrigatório o uso de máscaras em espaços públicos, transportes públicos, estabelecimentos comerciais e repartições públicas estaduais.

O decreto mantém a recomendação às prefeituras fluminenses de reabertura gradual de setores do comércio e da indústria, de acordo com as especificidades de cada cidade, em horários específicos para evitar aglomerações. Os municípios têm autonomia para manter suas determinações e regras.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала