História bíblica é confirmada por descoberta em túnel de Jerusalém, afirma especialista

Nos siga noTelegram
Inscrição encontrada em túnel de Jerusalém poderia validar história milenar da Bíblia sobre Israel.

Uma descoberta arqueológica realizada em um túnel de Jerusalém, Israel, aparenta comprovar a veracidade de uma história bíblica, informa o tabloide Express ao citar Tom Meyer, professor de estudos bíblicos e Teologia na Faculdade da Bíblia Shasta (EUA).

De acordo com o tabloide, o túnel em questão, conhecido como Siloé ou Ezequias, foi construído há 2.700 anos com o intuito de fornecer água à Jerusalém. Na Bíblia, a construção é atribuída ao rei Ezequias e teria sido utilizado durante cercos dos assírios.

Conforme Meyer explica, há uma "ampla evidência arqueológica" que corrobora o relato bíblico. O professor indica que a confirmação se deve a uma inscrição particular, encontrada dentro do túnel e feita ainda no século XIX.

"Ainda que o geógrafo e historiador norte-americano Edward Robinson tenha sido a primeira pessoa a explorar o túnel em tempos modernos, em 1873, foi um menino local chamado Jacob Spafford – o filho adotivo do famoso autor de hinos Horatio Spafford – que, enquanto brincava no túnel, tropeçou em uma das mais antigas inscrições hebraicas jamais encontradas, em 1880", afirmou Meyer.

"A inscrição é relevante não somente porque valida o relato bíblico, mas porque é a única inscrição da antiguidade de Israel que comemora um programa de obras públicas e é um dos mais antigos exemplos de escrita em hebraico", continuou o especialista.

© Foto / Autoridade de Antiguidades de IsraelDescobertas encontradas em Israel
História bíblica é confirmada por descoberta em túnel de Jerusalém, afirma especialista - Sputnik Brasil
Descobertas encontradas em Israel

Enquanto o registro aparentemente apresenta danos irreparáveis, Meyer acredita que "contém a descrição de obras de trabalhadores escavando o túnel debaixo de Jerusalém de dois lados opostos", comemorando o feito.

"O túnel de Ezequias, que ainda leva água a Jerusalém até hoje, foi um incrível feito de engenharia; junto com a evidência epigráfica – a inscrição de Siloé – o túnel de Ezequias demonstra mais uma vez a veracidade histórica do relato da Bíblia", acrescentou o professor.

A inscrição em si está armazenada no Museu de Arqueologia de Istambul, na Turquia, porque, segundo Meyer, a área onde foi feita a descoberta estava "sob a dominação do Império Otomano" na época.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала