- Sputnik Brasil
Notícias do Brasil
Notícias sobre política, economia e sociedade do Brasil. Entrevistas e análises de especialistas sobre assuntos que importam ao país.

Rejeição a Bolsonaro cai 10 pontos e aprovação é maior desde início do mandato, diz Datafolha

© Folhapress / Filipe Bispo/AgifPresidente Jair Bolsonaro usa cocar indígena durante solenidade de inauguração do Porto do Futuro, na cidade de Belém, capital do Pará
Presidente Jair Bolsonaro usa cocar indígena durante solenidade de inauguração do Porto do Futuro, na cidade de Belém, capital do Pará - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
A aprovação do presidente Jair Bolsonaro alcançou sua melhor avaliação desde o início de seu mandato, em 1º de janeiro de 2019, segundo pesquisa Datafolha divulgada nesta quinta-feira (13).

De acordo com o instituto, 37% dos brasileiros consideram seu governo ótimo ou bom, índice que era de 32% na pesquisa anterior, feita em 23 e 24 de junho. Em abril do ano passado, a aprovação do presidente era de 33%. 

Enquanto isso, a rejeição a Bolsonaro caiu dez pontos, de 44% para 34%. Em abril de 2019, o índice era de 30%. 

Segundo o Datafolha, 23% dos brasileiros consideram o governo regular. Em junho, esse número era de 27%. 

O instituto entrevistou por telefone 2.065 pessoas de 11 a 12 de agosto. A margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou menos.

Rejeição cai no Nordeste

A melhora nos índices de avaliação de Bolsonaro ocorre apesar das críticas por sua política de combate à pandemia da COVID-19. Uma das explicações apontadas para o desempenho é o pagamento do auxílio emergencial de R$ 600 durante a crise do coronavírus. 

Além disso, desde a prisão de Fabrício Queiroz, ex-assessor de Flávio Bolsonaro, o presidente vem adotando um tom mais comedido em suas declarações e evitando polêmicas. 

No Nordeste, a rejeição ao presidente sofreu uma forte queda, de 52% para 35%. Já a avaliação positiva é de 33%. A região continua sendo onde Bolsonaro tem seu pior desempenho no país. 

No Sudeste, por sua vez, a aprovação do presidente subiu de 29% para 36%, enquanto sua rejeição caiu de 47% para 39%. 

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала