Maduro diz que está pronto para uma 'conversa respeitosa' com Trump

© REUTERS / Manaure QuinteroNicolás Maduro fala durante coletiva de imprensa em Caracas, Venezuela
Nicolás Maduro fala durante coletiva de imprensa em Caracas, Venezuela - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Nesta segunda-feira (22), o presidente venezuelano, Nicolás Maduro, disse que está pronto para conversar com o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump.

O líder venezuelano afirmou que a conversa pode ocorrer quando necessário, desde que o diálogo seja respeitoso.

A declaração de Maduro responde a uma expectativa criada após declarações do próprio presidente norte-americano, que cogitou o encontro. Mais cedo nesta segunda-feira (22), Trump acrescentou que se encontraria com Maduro apenas para falar saída do presidente venezuelano do poder.

"Minha resposta é [...] assim como eu me encontrei com Joe Biden, quando conversamos por um longo tempo de maneira respeitosa [...], também, quando necessário, estou pronto para falar respeitosamente com o presidente dos EUA, Donald Trump", disse Maduro em entrevista à agência de notícias AVN, comentando a declaração feita anteriormente por Trump.

Maduro ainda reforçou sua posição afirmando: "da mesma maneira que falei com Biden, eu poderia falar com Trump.

© REUTERS / Leah MillisPresidente dos EUA, Donald Trump, sorri para a multidão durante campanha de reeleição, Oklahoma, EUA, 20 de junho de 2020
Maduro diz que está pronto para uma 'conversa respeitosa' com Trump - Sputnik Brasil
Presidente dos EUA, Donald Trump, sorri para a multidão durante campanha de reeleição, Oklahoma, EUA, 20 de junho de 2020

Joe Biden é o atual candidato do partido democrata para a Presidência dos EUA nas eleições de 2020. Maduro se encontrou com Biden em 2015 durante a cerimônia de posse da presidente Dilma Rousseff no Brasil. Segundo a agência venezuelana, Maduro teria pedido respeito à Venezuela na ocasião. À época, Biden era vice-presidente dos EUA.

Na sexta-feira (19), Trump afirmou em entrevista publicada pelo site Axios que poderia se encontrar com Maduro. O presidente norte-americano também colocou em dúvida o apoio expresso ao líder da oposição venezuelana, Juan Guaidó, o autoproclamado presidente interino da Venezuela.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала