'Cemitério de navios' de 2.500 anos revela 'história oculta' do Império Romano

CC BY 2.0 / Erik Cleves Kristensen / NaufrágioNaufrágio no fundo marítimo (imagem referencial)
Naufrágio no fundo marítimo (imagem referencial) - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Arqueólogos ficaram surpresos ao descobrir restos de um "cemitério de navios perdidos", que forneceram uma intrigante visão da "história oculta" do Império Romano.

A descoberta ocorreu nas ilhas gregas, da costa turca, onde ocorreu a Guerra de Troia, até a ilha de Ithaca, no oeste da Grécia.

Os arqueólogos Bettany Hughes e George Koutsouflakis localizaram 58 naufrágios de 2.500 anos, que ajudam a esclarecer a dimensão do Império Romano, além de fornecer evidências dos perigos que os marinheiros do mundo antigo enfrentavam nos mares.

© Foto / Pixabay / davecj1Naufrágio (imagem referencial)
'Cemitério de navios' de 2.500 anos revela 'história oculta' do Império Romano - Sputnik Brasil
Naufrágio (imagem referencial)

"A Guerra de Troia foi importante para o mundo, sendo considerada um dos grandes eventos mundiais que moldaram a humanidade com essa batalha épica entre troianos e gregos", afirmou Hughes ao tabloide Express.

Segundo a arqueóloga, a descoberta do cemitério de navios revela as partes traiçoeiras do Mediterrâneo, ressaltando o encontro de um antigo naufrágio romano.

"O nível de preservação é incrível, tendo pilhas de pratos inteiros em estado original, como se fosse uma loja [...] É realmente fascinante como nos mostra a rede de comércio que se estendia pelo Mediterrâneo, pelo mar Negro e pelo Oriente Médio", ressaltou.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала