Pandemia de COVID-19 já causou 60 mil mortes

© AFP 2022 / FABRICE COFFRINILogotipo da Organização Mundial de Saúde (OMS) em Geneva
Logotipo da Organização Mundial de Saúde (OMS) em Geneva - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
A pandemia de coronavírus matou mais de 60 mil pessoas em todo o mundo, quase três quartos delas na Europa, desde que surgiu na China em dezembro.

A compilação foi realizada pela agência de notícias AFP neste sábado (4). Foram registradas 60.457 mortes, incluindo 44.132 na Europa, o continente mais atingido pelo vírus.

Os registros oficiais provavelmente refletem apenas uma fração do número real de casos.

Com 14.681 mortes, a Itália é o país com o maior número de mortos, seguido por Espanha (11.744), Estados Unidos (7.159), França (6.507) e Reino Unido (4.313).

Desde o surgimento da COVID-19, 1.130.204 casos foram diagnosticados oficialmente no mundo, com mais da metade deles na Europa (610.846).

Houve 290.219 casos nos Estados Unidos e no Canadá (7.325 mortes entre eles) e 115.777 casos na Ásia (4.124 mortes). 

No Brasil, são 9.244 casos confirmados e 366 óbitos causados pela enfermidade.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала