Ministério Público da Bolívia emite ordem de prisão contra Evo Morales

© AP Photo / Eduardo VerdugoMandatário deposto da Bolívia, Evo Morales, concede entrevista na Cidade do México, na noite do dia 14 de novembro de 2019 (foto de arquivo)
Mandatário deposto da Bolívia, Evo Morales, concede entrevista na Cidade do México, na noite do dia 14 de novembro de 2019 (foto de arquivo) - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O Ministério Público da Bolívia emitiu um mandado de prisão nesta quarta-feira (18) contra o ex-presidente Evo Morales.

O anúncio foi feito pelo ministro do Interior da Bolívia, Arturo Murillo, em uma postagem do Twitter.

Sr. Evo Morales, para o seu conhecimento

Morales está sendo acusado de supostos crimes de sedição, terrorismo e financiamento ao terrorismo. O ex-presidente foi intimado a prestar depoimento pessoalmente na Bolívia.

Evo Morales está na Argentina há uma semana sob a condição de refugiado. O ex-presidente bolviano ficará no país para comandar a campanha do seu partido Movimento ao Socialismo (MAS).

No sábado (14), a presidente interina, Jeanine Áñez, já havia anunciado que uma ordem de prisão contra Morales seria emitida, mas não forneceu mais detalhes.

A ordem de prisão é assinada pelos promotores de La Paz, Jhimmy Almanza e Richard Villaca.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала