Como a British Petroleum perdeu tanto dinheiro no Brasil?

© AFP 2022 / VITORIA VELEZ Plataforma de extração de petróleo da estatal Petrobras perto do litoral do estado de Espírito Santo, Brasil, dezembro de 2015 (foto de arquivo)
Plataforma de extração de petróleo da estatal Petrobras perto do litoral do estado de Espírito Santo, Brasil, dezembro de 2015 (foto de arquivo) - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Depois de anos de investimentos no Brasil, a experiência da petroleira British Petroleum evidenciou dúvidas e frustrações com o pré-sal brasileiro.

O Brasil é sem dúvida um dos países prediletos para a exploração de petróleo em bacias marinhas. Em janeiro de 2017, o país abrigava 198 plataformas de petróleo, das quais 82% estavam ativas.

Em busca de novos pontos de exploração, a companhia britânica British Petroleum decidiu investir milhões de dólares na busca de petróleo rentável no bloco de Peroba, localizado no pré-sal da Bacia de Santos.

Logo na perfuração do primeiro poço, o que pode ter custado aproximadamente US$ 150 milhões (cerca de R$ 620 milhões), as esperanças não se justificaram. Segundo a Agência Nacional de Petróleo (ANP), foram encontrados somente dióxido de carbono e gás natural.

Embora o gás natural seja um dos combustíveis mais cobiçados do mundo, sua exploração a partir de grandes profundidades daria um lucro mínimo. Sendo assim, enquanto em Peroba não se achar petróleo, o campo não deverá gerar riquezas.

"O pré-sal é bom, mas não é um mar de petróleo, e existem ainda riscos", disse Marcelo de Assim, presidente da divisão para a América Latina da consultoria Wood Mackenzie Ltd. à Bloomberg.

O especialista adicionou que "todo o trabalho está focado no petróleo".

Apesar da pouca informação publicada sobre o bloco de Peroba, é sabido que as pesquisas continuam na região.

Esforços em vão?

Enquanto as rivais Royal Dutch Shell Plc e a Equinor ASA fazem lucro com a exploração de petróleo no Brasil, a BP não obteve sucesso na busca de petróleo na Bacia Amazônica, ainda nos anos 2000.

Em 2011, a empresa comprou por US$ 3,2 bilhões (cerca de R$ 13,3 bilhões) ativos da Devon Energy Corp. Com o negócio, a BP lucrou somente US$ 135 milhões (cerca de R$ 560 milhões) em 2013. Além disso, nenhum dos ativos comprados deu alguma produção para a BP.

Tudo perdido?

Apesar das decepções, a British Petroleum ainda tem muitas chances no Brasil. Em julho passado, a ANP aprovou o plano de exploração da empresa no bloco de Pau Brasil, na Bacia de Campos.

Além disso, a empresa conta com um total de 25 blocos, operando já em seis. No entanto, os investimentos devem ser feitos com muita calma.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала