Lavrov: tensões 'alimentadas artificialmente' no golfo Pérsico devem ser resolvidas com diálogo

© Foto / POOL / Abrir o banco de imagensSergei Lavrov discursa na sede da ONU
Sergei Lavrov discursa na sede da ONU - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Moscou defende diálogo para solução das tensões no golfo Pérsico, disse o ministro das Relações Exteriores da Rússia, Sergei Lavrov, nesta sexta-feira.

Para o chanceler russo, a situação no Oriente Médio vem sido escalada de forma "artificial".

"As tensões no golfo Pérsico são alimentadas artificialmente. Apelamos à superação das diferenças existentes através do diálogo, sem acusações infundadas. Nossa contribuição é o conceito russo revisado de segurança coletiva na região", disse Lavrov em seu discurso na Assembleia Geral da ONU.

Tratado de Redução de Armas Estratégicas

Lavrov observou que a reação inicial dos EUA à proposta russa de estender o Tratado de Redução de Armas Estratégicas (START) e se juntar à moratória pela não implantação de mísseis de médio e curto alcance não foi animadora.

"O presidente Putin anunciou uma decisão de não implantar mísseis terrestres de médio e curto alcance na Europa ou em outras regiões, se e enquanto os americanos se abstiverem de fazer isso. Pedimos aos Estados Unidos e à OTAN que se juntem a essa moratória. Também propusemos repetidamente a Washington o início das negociações para estender o tratado START. A Rússia e a China são a favor do acordo, de um documento juridicamente vinculativo, sobre a prevenção de uma corrida armamentista no espaço sideral. Mas a reação dos Estados Unidos e de seus aliados não foi encorajadora até agora", disse Lavrov.

Sistema de Controle de Armas

O ministro das Relações Exteriores da Rússia anunciou que a Rússia estava submetendo à Assembleia Geral da ONU um projeto de resolução sobre o fortalecimento do sistema de controle de armas.

"Gostaria de anunciar hoje que, na atual sessão da Assembleia Geral, estamos apresentando um projeto de resolução sobre o fortalecimento e o desenvolvimento do sistema de acordos sobre controle de armas, desarmamento e não proliferação. Convido todos a participar de conversas construtivas", afirmou Lavrov.

Segundo o ministro das Relações Exteriores, "a aprovação da resolução seria uma contribuição importante para a criação de condições para a realização bem-sucedida de uma nova conferência de revisão sobre a implementação do Tratado de Redução de Armas Estratégicas no próximo ano".

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала