O que você não viu do espaço no mês de setembro

Nos siga noTelegram
Fotos tiradas por diferentes plataformas espaciais mostram corpos celestes assim como eventos na Terra

Parte das imagens foi tirada pelo telescópio espacial da NASA Hubble. Além disso, cosmonautas capricharam em imagens que mostram o planeta Terra.

As fotografias exibem as belezas do Universo ainda pouco conhecido por nós. A Grande Nuvem de Magalhães foi vista no seu maior esplendor em uma das imagens.

Também as dunas de Marte surpreenderam com seu desenho não muito diferente das dunas terrestres.

CC BY 3.0 / NASA/JPL-Caltech/SwRI/MSSS, Kevin M. Gill / Um dos satélites de Júpiter cria sombra no planeta.
Um dos satélites de Júpiter cria sombra no planeta - Sputnik Brasil
1/13
Um dos satélites de Júpiter cria sombra no planeta.
© Sputnik / Sergei Mamontov / Abrir o banco de imagensFuncionários da Corporação Energia removem o robô humanoide Fyodor da espaçonave Soyuz MS-14 depois do voo até a Estação Espacial Internacional.
Funcionários da Corporação Energia removem o robô humanoide Fyodor da espaçonave Soyuz MS-14 depois do voo até a Estação Espacial Internacional - Sputnik Brasil
2/13
Funcionários da Corporação Energia removem o robô humanoide Fyodor da espaçonave Soyuz MS-14 depois do voo até a Estação Espacial Internacional.
© Foto / ESA/Luca ParmitanoVista do rio Amazonas a partir da Estação Espacial Internacional.
Vista do rio Amazonas a partir da Estação Espacial Internacional - Sputnik Brasil
3/13
Vista do rio Amazonas a partir da Estação Espacial Internacional.
4/13
Galáxia ESO 243-49 e o buraco negro HLX-1.
CC BY-SA 3.0 IGO / ESA/Roscosmos/CaSSIS / CrateraCratera em Marte fotografada pelo módulo de investigação atmosférica Trace Gas Orbiter.
Cratera em Marte fotografada pelo módulo de investigação atmosférica Trace Gas Orbiter - Sputnik Brasil
5/13
Cratera em Marte fotografada pelo módulo de investigação atmosférica Trace Gas Orbiter.
© Foto / NASA/Nick HagueFuracão Dorian visto a partir da Estação Espacial Internacional.
Furacão Dorian visto a partir da Estação Espacial Internacional - Sputnik Brasil
6/13
Furacão Dorian visto a partir da Estação Espacial Internacional.
© Foto / ESA/Hubble & NASA, L. Ferrarese et al.Galáxia elíptica anã Messier 110 na constelação de Andrômeda fotografada pelo telescópio espacial Hubble da NASA.
Galáxia elíptica anã Messier 110 na constelação de Andrômeda fotografada pelo telescópio espacial Hubble da NASA - Sputnik Brasil
7/13
Galáxia elíptica anã Messier 110 na constelação de Andrômeda fotografada pelo telescópio espacial Hubble da NASA.
© Sputnik / Sergei Mamontov / Abrir o banco de imagensLançamento do foguete portador Soyuz-FG com a espaçonave tripulada Soyuz MS-15 a partir do cosmódromo de Baikonur, no Cazaquistão.
Lançamento do foguete portador Soyuz-FG com a espaçonave tripulada Soyuz MS-15 a partir do cosmódromo de Baikonur, no Cazaquistão - Sputnik Brasil
8/13
Lançamento do foguete portador Soyuz-FG com a espaçonave tripulada Soyuz MS-15 a partir do cosmódromo de Baikonur, no Cazaquistão.
© Foto / Facebook/NASA Cosmonauta Christina Hammock KochEstação Espacial Internacional no espaço.
Estação Espacial Internacional no espaço - Sputnik Brasil
9/13
Estação Espacial Internacional no espaço.
© Foto / NASA/JPL-Caltech/Universidade do ArizonaDunas de rochas sedimentares e areia na cratera de Danielson em Marte. Imagem feita pela espaçonave Mars Reconnaissance Orbiter.
Dunas de rochas sedimentares e areia na cratera de Danielson em Marte. Imagem feita pela espaçonave Mars Reconnaissance Orbiter - Sputnik Brasil
10/13
Dunas de rochas sedimentares e areia na cratera de Danielson em Marte. Imagem feita pela espaçonave Mars Reconnaissance Orbiter.
CC BY 4.0 / ESA/Hubble & NASA / Hubble explora formação e evolução de estrelas na Grande Nuvem de MagalhãesFormação e evolução de acúmulos estelares na Grande Nuvem de Magalhães. Imagem feita pelo Hubble.
Formação e evolução de acúmulos estelares na Grande Nuvem de Magalhães. Imagem feita pelo Hubble - Sputnik Brasil
11/13
Formação e evolução de acúmulos estelares na Grande Nuvem de Magalhães. Imagem feita pelo Hubble.
© Foto / NASA / Estação Espacial Internacional / Nick HagueNascer do Sol visto desde a Estação Espacial Internacional.
Nascer do Sol visto desde a Estação Espacial Internacional - Sputnik Brasil
12/13
Nascer do Sol visto desde a Estação Espacial Internacional.
© Foto / NASA, ESA, A. Simon (Centro de Voo Espacial Goddard), e M.H. Wong da Universidade da CalifórniaFoto feita com o maior grau de zoom de câmera do Hubble observando Saturno, o qual está a cerca de 1,36 bilhões de quilômetros da Terra.
Foto de Saturno feita pelo observatório espacial Hubble da NASA - Sputnik Brasil
13/13
Foto feita com o maior grau de zoom de câmera do Hubble observando Saturno, o qual está a cerca de 1,36 bilhões de quilômetros da Terra.
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала