Rússia, EUA e Qatar liderarão mercado mundial de gás em 10 anos, diz centro americano

© AP Photo / Koji SasaharaNavio-cisterna de GNL (foto de arquivo)
Navio-cisterna de GNL (foto de arquivo) - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Rússia, Estados Unidos e Qatar liderarão o mercado mundial de gás em 10 anos, de acordo com o Centro Americano de Estudos Estratégicos e Internacionais (CSIS).

Em 2018, os principais exportadores mundiais de gás foram a Rússia, os EUA, o Qatar, a Noruega, a Austrália e o Canadá, responsáveis por cerca de 60% de todas as exportações globais.

Destaca-se que a Rússia aumentará suas exportações de gás graças ao lançamento dos gasodutos Nord Stream 2 (Corrente do Norte 2) - para fornecimento de gás a países da União Europeia - e Sila Sibiri (Força da Sibéria) - para fornecimento de gás à China.

A Rússia, em particular, triplicará as exportações de gás natural liquefeito (GNL), alcançando 68 bilhões de metros cúbicos exportados a outros países, lê-se na previsão do centro americano.

Líderes no mercado mundial

Prevê-se que Canadá, Noruega e Austrália se tornem grandes jogadores nos próximos 10 anos. No entanto, a Rússia, os Estados Unidos e o Qatar liderarão o mercado mundial, uma vez que está nos planos das três nações expandir a produção de gás natural liquefeito.

Além disso, afirma-se que a China será a maior importadora mundial de gás natural liquefeito daqui a 10 anos, ultrapassando o Japão e todos os países da UE juntos.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала