Embaixador saudita: ataque a instalações petrolíferas 'quase certamente' foi apoiado pelo Irã

© REUTERS / Hamad I MohammedIncêndio em instalações da Saudi Aramco
Incêndio em instalações da Saudi Aramco - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O embaixador da Arábia Saudita em Londres disse, nesta quarta-feira (18), que o ataque às refinarias sauditas "quase certamente" foi apoiado por Teerã e que as autoridades "estão investigando a questão".

"Quase certamente foi apoiado pelo Irã [...] Estamos tentando não reagir muito rapidamente porque a última coisa que precisamos é de mais conflito na região", disse o príncipe Khalid bin Bandar bin Sultan Al Saud, embaixador saudita em Londres.

"Estamos investigando a questão. Estamos trabalhando com nossos parceiros nos Estados Unidos, na ONU, no Reino Unido e com qualquer pessoa que queira se envolver para nos ajudar a resolver o que aconteceu, descobrir o que aconteceu, de onde eles vieram, o ataque", complementou.

De acordo com uma declaração do movimento Houthis, transmitida pelo canal de TV Almasirah, o grupo lançou dez drones contra as refinarias de Abqaiq e Khurais. O comunicado também disse que os ataques continuarão até que o reino pare suas operações militares no Iêmen, onde os sauditas têm efetuado bombardeamentos contra militantes que apoiam o presidente iemenita Abdrabbuh Mansur Hadi na guerra civil.

Ataque de 'advertência'

Entretanto, o ministro da Defesa iraniano, Amir Hatami, insistiu que Teerã não desempenhou qualquer papel nos ataques.

"Evidentemente, foi um confronto militar entre os dois países. Os iemenitas foram um dos lados, eles próprios disseram que o fizeram", disse o ministro, conforme citado pela agência de notícias ISNA

O presidente iraniano Hassan Rouhani, disse nesta quarta-feira (18), que a ofensiva dos rebeldes iemenitas contra as plataformas da Arábia Saudita foi uma advertência.

"Os iemenitas atacaram as instalações petrolíferas sauditas como um aviso", disse o canal televisivo Press TV, citando o líder iraniano.

© AP Photo / Governo dos EUA/Digital GlobeImagem, divulgada pelo governo dos EUA, mostra danos à instalação de petróleo de Khurais, da petroleira Saudi Aramco, localizada na Arábia Saudita
Embaixador saudita: ataque a instalações petrolíferas 'quase certamente' foi apoiado pelo Irã - Sputnik Brasil
Imagem, divulgada pelo governo dos EUA, mostra danos à instalação de petróleo de Khurais, da petroleira Saudi Aramco, localizada na Arábia Saudita

As refinarias da Saudi Aramco foram atingidas por drones no sábado (14), resultando em um incêndio maciço nas instalações. Os EUA culpam o Irã pelo incidente, enquanto Teerã nega as alegações.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала