Banco Central dos EUA corta taxa de juros pela segunda vez no ano

© AP Photo / Andrew HarnikSede do Sistema de Reserva Federal (Fed), o banco central dos Estados Unidos
Sede do Sistema de Reserva Federal (Fed), o banco central dos Estados Unidos - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O Federal Reserve, Banco Central dos Estados Unidos, decidiu nesta quarta-feira (18) diminuir a taxa de juros pela segunda vez em 2019 e afirmou estar empenhado em sustentar a expansão econômica dos EUA.

Agora, a taxa básica de juros do Fed será de 1,75% a 2%. Os números adotados pelo órgão influenciam empréstimos de pessoas físicas e jurídicas. 

A economia dos EUA está em seu 11º ano de crescimento, com um mercado de trabalho ainda sólido e gastos constantes do consumidor. Mas o Fed está tentando combater ameaças, incluindo incertezas causadas pela guerra comercial do presidente Donald Trump com a China, crescimento global mais lento e queda na produção americana. O Fed observou em comunicado que "o investimento fixo nas empresas e as exportações enfraqueceram".

Ainda assim, a ação do Fed provavelmente desagradará Trump, que atacou o Fed e pede cortes mais agressivos na taxa de juros. 

A mudança foi aprovada por uma votação de 7 a 3, com duas autoridades argumentando para manter as taxas inalteradas e uma argumentando por um corte maior de meio ponto. Essa foi a votação com o maior número de dissidentes dos últimos três anos. 

A maioria dos economistas suspeita que o Fed reduzirá as taxas uma ou duas vezes mais este ano, devido em parte a uma estabilização na guerra comercial com a China e a possibilidade de novas negociações comerciais com Pequim.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала