Maduro convoca Conselho de Segurança Nacional diante de 'ameaça' colombiana

Nos siga noTelegram
Presidente venezuelano, Nicolás Maduro, convocou o Conselho de Segurança Nacional de seu país em reação a "atos de agressividade" por parte da Colômbia ao longo da fronteira entre as nações.

A decisão foi tomada enquanto as tensões entre os dois países sul-americanos voltam a crescer.

"Como dirigente do Estado e governo, eu tomei a decisão de convocar o Conselho de Segurança Nacional, o qual tomará decisões em relação às ameaças de guerra do governo colombiano contra a Venezuela", disse Maduro em um encontro com membros do conselho.

Vale destacar que militares venezuelanos se preparam para realizar exercícios ao longo da fronteira com a Colômbia. Os exercícios estão programados para ser iniciados nesta terça-feira (10) e deverão ser finalizados no dia 28 deste mês. Todos os sistemas de armas deverão ser submetidos a testes durante as atividades militares neste período.

© AP Photo / Rodrigo AbdMilitares venezuelanos na fronteira com a Colômbia (foto de arquivo)
Maduro convoca Conselho de Segurança Nacional diante de 'ameaça' colombiana - Sputnik Brasil
Militares venezuelanos na fronteira com a Colômbia (foto de arquivo)

Maduro afirmou que a mobilização militar foi decidida após o Comando das Forças Armadas do país ter analisado a situação na fronteira com a Colômbia. De acordo com o presidente, a Venezuela vem sendo alvo de agressões colombianas.

FARC e tensões

As relações entre os países estão em crise desde a última eleição presidencial venezuelana, ocorrida no início deste ano. Muitos países, incluindo a Colômbia e o Brasil, não reconheceram o resultado do pleito.

Além disso, recentemente, parte dos membros das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (FARC) anunciou a retomada da luta armada contra Bogotá. Segundo o governo colombiano, a Venezuela estaria apoiando as FARC.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала