Coalizão saudita realiza ataque aéreo contra Houthis no Iêmen

© AFP 2022 / FAYEZ NURELDINEArtilharia do Exército saudita dispara contra o Iêmen a partir de um posto perto da fronteira saudita-iemenita, no sudoeste do país, em 13 de abril de 2015. A Arábia Saudita lidera uma coalizão de vários países árabes realizando ataques aéreos contra os rebeldes xiitas Huthis que invadiram a capital Sanaa em setembro e se expandiram para outras partes do Iêmen.
Artilharia do Exército saudita dispara contra o Iêmen a partir de um posto perto da fronteira saudita-iemenita, no sudoeste do país, em 13 de abril de 2015. A Arábia Saudita lidera uma coalizão de vários países árabes realizando ataques aéreos contra os rebeldes xiitas Huthis que invadiram a capital Sanaa em setembro e se expandiram para outras partes do Iêmen. - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Aviões da coalizão liderada pela Arábia Saudita realizaram ataques aéreos nas posições do movimento houthi na capital iemenita, Sanaa, segundo informou a emissora Al-Arabiya nesta quarta-feira (28).

De acordo com a emissora, os alvos dos ataques são depósitos de armas na base aérea militar de al-Dulaimi, norte de Sanaa.

O Iêmen está imerso em um conflito entre as forças do governo, lideradas pelo presidente Abd Rabbuh Mansour Hadi, e os rebeldes Houthi. Uma coalizão liderada pela Arábia Saudita vem realizando ataques contra os Houthis a pedido de Hadi desde março de 2015.

Casa destruída por bombardeio no Iêmen. - Sputnik Brasil
Ataques aéreos destruíram quase 400 hospitais no Iêmen
Os combates no Iêmen tiveram como resultado o que é considerada uma das piores crises humanitárias do planeta, com milhões de pessoas no país sofrendo de fome e falta de assistência médica.

As operações militares da coalizão liderada pelos sauditas e apoiada pelos Estados Unidos e seus aliados, produziram diversas baixas civis e agravaram a crise humanitária.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала