Tsipras pede convocação de novas eleições gerais na Grécia

Nos siga noTelegram
O primeiro-ministro da Grécia, Alexis Tsipras, anunciou neste domingo que pretende convocar novas eleições gerais no país depois do dia 2 de junho, quando ocorrerá o segundo turno das eleições locais.

"Após o segundo turno das eleições locais (em 2 de junho), pedirei ao presidente que convoque imediatamente eleições nacionais", disse Tsipras em um discurso televisionado no domingo, citado pela AFP.

Manifestação dos coletes amarelos em Bruxelas, Bélgica - Sputnik Brasil
Polícia entra em confronto com manifestantes em Bruxelas (VÍDEOS)
Mais cedo neste domingo, o líder do partido de oposição da Nova Democracia da Grécia, que lidera as eleições para o Parlamento Europeu, Kyriakos Mitsotakis, pediu a renúncia de Alexis Tsipras:

"O primeiro-ministro deve assumir a responsabilidade e ele deve renunciar, e o país vai se dirigir às eleições nacionais o mais rápido possível", disse Mitsotakis.

O partido liberal-conservador da Nova Democracia está ganhando 33,07 por cento dos votos e atualmente está à frente do partido Syriza, liderado por Tsipras, por 9 pontos, segundo resultados preliminares divulgados pelo Ministério do Interior.

Das 7h às 19h, mais de 39.000 locais de votação foram abertos em toda a Grécia. Os gregos elegeram 21 membros do Parlamento Europeu, chefes de 13 regiões e de 332 municipalidades, 703 conselheiros regionais e quase 10.000 conselheiros municipais.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала