Argentina já passou pelo pior momento de sua crise, diz representante do FMI

CC0 / / Bandeira da Argentina
Bandeira da Argentina - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O representante do Fundo Monetário Internacional (FMI), Roberto Cardarelli, afirmou nesta segunda-feira (13) que a economia da Argentina já passou pelo pior momento.

Após participar de uma reunião com representantes do principal centro de trabalhadores do país, a Confederação Geral do Trabalho (CGT), Cardarelli garantiu que o crescimento vai voltar à Argentina e a inflação vai cair nos próximos meses. 

Macri durante a cúpula dos Brics, em 2018. - Sputnik Brasil
Macri quer parceria com oposição para combater crise na Argentina
"O pior já passou, o crescimento deve melhorar, a inflação deve cair nos próximos meses", disse Cardarelli a repórteres após deixar o encontro em Buenos Aires.

A missão técnica liderada pelo representante italiano disse que as autoridades do CGT discutiram "os problemas da economia, do futuro, da inflação, do crescimento, do emprego, como em outros tempos".

Questionado sobre quando a economia argentina se recuperará, em recessão desde o ano passado, Cardarelli disse que espera melhores dados "para o segundo trimestre".

Em 9 de maio, o FMI fez seu quarto desembolso e enviou 10,8 bilhões de dólares ao país sul-americano como parte do empréstimo de 56,3 bilhões de dólares que negociou com o governo de Maurício Macri.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала