Protesto em Gaza termina com ao menos 2 palestinos mortos e 99 feridos

© REUTERS / Amir CohenSoldado israelense sobre um tanque perto da fronteira com a Faixa de Gaza
Soldado israelense sobre um tanque perto da fronteira com a Faixa de Gaza - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Ao menos dois palestinos foram mortos e outros 99 ficaram feridos durante um protesto na fronteira entre a Faixa de Gaza e Israel, informou o orgão responsável pelo resgate das vítimas.

Um dos mortos, Adam Amara, de 17 anos, foi baleado esta tarde por soldados israelenses do outro lado da cerca. O segundo palestino morreu quando foi atingido por soldados atirando nas primeiras horas da manhã.

Um palestino idoso cai no chão depois de ser baleado por tropas israelenses durante um protesto na fronteira da Faixa de Gaza com Israel. - Sputnik Brasil
Jihadistas ameaçam iniciar guerra contra Israel se palestinos forem mortos em protestos
Aproximadamente uma dúzia de palestinos foram feridos por arma de fogo, enquanto a maioria dos feridos foram tratados por sufocamento devido ao uso de gás lacrimogêneo.

A manifestação, que começou no início da tarde deste sábado (30) e continuará ao longo do dia.

Segundo o Exército de Israel, 30 mil pessoas participaram dos protestos.

O líder do movimento islâmico Hamas, Khalil Hayya, declarou que sua organização espera que Israel estabeleça um cronograma para aplicar medidas para aliviar o bloqueio da Faixa de Gaza.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала