Aeronaves militares russas na Venezuela são uma provocação: vice-presidente dos EUA

© AP Photo / Evan VucciO vice-presidente dos EUA, Mike Pence, gesticula durante o evento de criação da Força Espacial dos EUA.
O vice-presidente dos EUA, Mike Pence, gesticula durante o evento de criação da Força Espacial dos EUA. - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Os Estados Unidos consideram a chegada de aviões militares russos na Venezuela como uma provocação indesejada e pedem a Moscou que pare de apoiar o governo de Nicolás Maduro, disse o vice-presidente dos EUA, Mike Pence, aos jornalistas nesta quarta-feira.

"Os Estados Unidos consideram a chegada de aviões militares da Rússia neste fim de semana como uma provocação indesejada", disse Pence. "Apelamos à Rússia hoje para que cesse todo o apoio ao regime de Maduro, fique ao lado de Juan Guaidó, e permaneça com as nações em todo este hemisfério e em todo o mundo até que a liberdade seja restaurada".

Presidente dos EUA, Donald Trump, durante coletiva de imprensa com o presidente da Rússia, Vladimir Putin, após a reunião em Helsinque, em 16 de julho de 2018 - Sputnik Brasil
Trump diz que Rússia deve sair da Venezuela: 'todos os meios estão sendo avaliados'
Um grupo de militares russos chegou à capital venezuelana de Caracas para participar de consultas com autoridades do país sobre cooperação na indústria de defesa, informou uma fonte diplomática em Caracas à Sputnik.

Os aviões chegaram no sábado, mas a mídia informou anteriormente que cerca de 99 militares russos chegaram a Caracas a bordo de dois aviões, que também entregaram 35 toneladas de carga.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала