Será que China está se tornando nova bomba-relógio para economia mundial?

CC0 / Pexels / Moedas e relógio
Moedas e relógio - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
A dívida pública chinesa pode causar problemas generalizados para a economia global. Isso acontecerá se os emitentes de títulos deixarem de pagar suas obrigações e começarem a permitir os incumprimentos de créditos.

Segundo o recente estudo da agência Bloomberg, trata-se de títulos emitidos pelas autoridades municipais das províncias chinesas, ou melhor, por suas subsidiárias que atuam como emissores de títulos de dívida formais. Essas empresas se chamam veículos de financiamento dos governos locais (LGFV na sigla em inglês) e servem para financiar os projetos dos governos municipais.

Bolsa de valores de Nova York (foto de arquivo) - Sputnik Brasil
Recessão iminente? Crise poderia abalar economia estadunidense
Muitas dessas entidades experimentam dificuldades para pagar suas "más" dívidas. Os analistas avisaram pela primeira sobre esse problema há dois anos, mas, desde então, nenhum devedor entrou em calote, em grande parte devido ao fato de que os empréstimos foram avalizados pelo governo por garantias governamentais.

Como sublinhou a Bloomberg, as autoridades chinesas não estão interessadas em incumprimentos dos LGFV, porque isso teria um impacto negativo no rating de crédito soberano da China e levaria ao aumento do custo do crédito no terceiro maior mercado de dívida do mundo. Isso, por sua vez, travaria o crescimento econômico e afetaria os acionistas de empresas chinesas em todo o mundo.

Ao mesmo tempo, muitos analistas acreditam que Pequim não permitirá o incumprimento de obrigações municipais apesar da crescente incidência de inadimplência de títulos corporativos. Em 2018, os investidores perderam 17,8 bilhões de dólares neste domínio e 2,2 bilhões de dólares já no início de 2019.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала