Fonte: Visita de equipe militar russa a Caracas não está vinculada a ameaça de intervenção

© AFP 2022 / Yuri CORTEZO presidente venezuelano Nicolás Maduro agita a bandeira nacional durante uma marcha pró-governamental em Caracas, em 23 de fevereiro de 2019.
O presidente venezuelano Nicolás Maduro agita a bandeira nacional durante uma marcha pró-governamental em Caracas, em 23 de fevereiro de 2019. - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
"A visita de militares russos à Venezuela não está de forma alguma ligada às declarações dos Estados Unidos sobre possíveis intervenções na Venezuela", disse uma fonte diplomática em Caracas à Sputnik nesta segunda-feira.

Aviões com tropas militares russas chegaram a Caracas no sábado. A imprensa especulou sobre possível apoio da Rússia em caso de intervenção militar no país, mas, de acordo com fonte diplomática ouvida pela Sputnik, a visita está ligada a assinatura de  contratos na área de defesa.

"Não, essas coisas não estão de forma alguma conectadas. Essa visita é sobre a discussão de contratos que foram concluídos muito antes da crise na Venezuela", disse a fonte, quando questionada sobre potencial apoio militar a Maduro.

John Bolton, consejero de Seguridad Nacional de EEUU - Sputnik Brasil
Trump cogita 'uso da força' e Rússia e China não devem interferir na Venezuela, diz Bolton
A fonte disse ainda que a Rússia e a Venezuela não assinaram contratos para o fornecimento de sistemas de mísseis de defesa aérea S-300 para Caracas recentemente. Os sistemas foram entregues à Venezuela em 2013.

Segundo outra fonte ouvida pela Sputnik, a equipe russa planeja discutir questões relativas à indústria de defesa com homólogos venezuelanos. Após a chegada dos funcionários do Ministério da Defesa da Rússia em Caracas, a imprensa internacional reportou que a Venezuela havia implantado os sistemas S-300.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала