Capital da Somália é atingida por vários ataques extremistas; há mortos e feridos (FOTOS)

Nos siga noTelegram
Hoje (23), no centro de Mogadíscio, capital da Somália, ocorreu uma série de ataques terroristas. O grupo jihadista Al-Shabaab já reivindicou a responsabilidade pela detonação de dois carros e ataque ao Ministério do Trabalho da Somália, comunicou a edição Garowe Online.

A estação de rádio Dalsan informou que em Mogadíscio militantes não identificados fizeram explodir dois automóveis perto da Agência Nacional de Inteligência e Segurança, desencadearam um tiroteio a atacaram o prédio do Ministério do Trabalho da Somália.

Segundo a edição local Garowe Online, além do Ministério do Trabalho foram atacados o Ministério das Obras Públicas, Reconstrução e Construção Residencial e o centro de comando da Polícia da região.

Os funcionários do Ministério fugiram do prédio através das janelas, enquanto a polícia rechaçava o ataque.

"A operação foi completada, o prédio está sob o controle das forças de segurança", informou o policial Osman Mohamed, acrescentando que quatro terroristas que tomaram o prédio do Ministério foram eliminados.

O número exato de vítimas dos ataques não é claro. Segundo a agência AFP, o atentado deixou 11 mortos, inclusive 3 mulheres, outras 15 pessoas ficaram feridas. Entretanto, a agência Reuters comunicou sobre 15 mortos e 20 feridos. Entre os mortos há o deputado e vice-ministro do Trabalho, Shawaqar Ibraahim Cabdalla.

Esta foto de 11 de outubro de 2015 mostra dois militares do Exército Árabe Sírio durante um combate na cidade de Achan, província de Hama - Sputnik Brasil
Mídia: militares sírios repelem ataque terrorista na província de Hama; há vítimas
O grupo jihadista Al-Shabaab, considerado o mais feroz da África, já reivindicou a responsabilidade pelo ataque.

A Somália vive uma guerra civil desde o início da década de 1990. O Al-Shabaab, que jurou lealdade ao grupo terrorista Al-Qaeda (proibida na Rússia), tem organizado numerosos ataques em todo o país na tentativa de impor a lei da xaria.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала