EUA colhem os frutos dos êxitos dos exércitos russo e sírio, diz parlamentar da Síria

© AP Photo / Hussein MallaSoldado norte-americano em Manbij, norte da Síria, 4 de abril de 2018
Soldado norte-americano em Manbij, norte da Síria, 4 de abril de 2018 - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Os EUA estão colhendo os frutos dos êxitos da Síria e da Rússia na luta contra o grupo terrorista Daesh (organização terrorista proibida na Rússia e em vários outros países), suas declarações sobre a vitória sobre os terroristas são meramente políticas, afirmou à Sputnik a deputada do parlamento sírio Ashwaq Abbas.

Na sexta-feira (22), a porta-voz da Casa Branca, Sarah Sanders, declarou que a Síria está 100% "limpa de terroristas do Daesh". No sábado (23), as Forças Democráticas da Síria (FDS) anunciaram a vitória sobre o Daesh, embora tenham acrescentado que a luta contra os restos do grupo terrorista ainda continua.

Forças dos EUA na Síria (foto de arquivo) - Sputnik Brasil
Análise: o que está por trás das declarações dos EUA sobre derrota do Daesh?
"Se quisermos contar quantas vezes os EUA declararam a sua vitória sobre o Daesh, acho que é mais de dez vezes. Acho que é uma declaração meramente política, que não tem nada a ver com a realidade, já que seu objetivo é perturbar a opinião pública", afirmou Abbas.

"Os EUA querem colher os frutos dos êxitos de outros países. Contra o Daesh estavam lutando o Exército sírio e a Força Aeroespacial da Rússia, e não os norte-americanos", afirmou a deputada. 

Ela recordou a aproximação das eleições presidenciais dos EUA e supõe que o presidente dos EUA precisa de momentos “positivos” para a sua reeleição. 

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала