Governo da Nicarágua se compromete a libertar 'presos políticos'

© Sputnik / Dmitriy ZnamenskiyNicarágua
Nicarágua - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O governo da Nicarágua se comprometeu hoje a libertar dentro de 90 dias todas as pessoas que ainda permanecem detidas por conta de protestos realizados contra o presidente Daniel Ortega há quase um ano.

A medida tem como objetivo demonstrar boa fé para a retomada do diálogo com a oposição, a fim de acabar com uma profunda crise política que atinge o país.

"A mesa de negociação recebeu nesta tarde uma comunicação do Governo de Reconciliação e Unidade Nacional na qual expressa sua decisão de libertar em um prazo não maior do que noventa dias todas as pessoas detidas e presas no contexto dos fatos ocorridos a partir de 18 de abril de 2018, em conformidade com o ordenamento jurídico do país", disse a chamada mesa de negociação através de um comunicado.

Desde o final de fevereiro, o governo do presidente Daniel Ortega colocou cerca de 150 presos em liberdade condicional ou prisão domiciliar. A oposição calcula que há ainda, aproximadamente, 500 pessoas a serem libertadas.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала