Boeing 737 MAX que voava a Tel Aviv está regressando a Estocolmo por questão de segurança

© AFP 2022 / Jason RedmondBoeing 737 MAX (foto de arquivo)
Boeing 737 MAX (foto de arquivo) - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Um avião Boeing 737 MAX 8 da empresa aérea Norwegian, rumo a Tel Aviv, deu meia-volta e está regressando a Estocolmo, comunicou a edição Aftonbladet.

De acordo com as informações publicadas no site da empresa operadora do aeroporto Swedavia, a aeronave deve aterrissar às 17h00 GMT (às 13h00 em Brasília).

Pessoas passam por parte dos destroços no local do acidente de avião do voo ET302 da Ethiopian Airlines, perto da cidade de Bishoftu, a sudeste de Adis Abeba, Etiópia, 10 de Março de 2019 - Sputnik Brasil
Grego sobre atraso de 2 minutos para voo fatal da Ethiopian Airlines: 'Meu dia de sorte'
Por enquanto, o motivo da ocorrência continua desconhecido.

Posteriormente, a acessoria da Norwegian informou à Sputnik que a companhia resolveu manter em terra todos os aviões do modelo Boeing 737 MAX com base em um conselho de segurança europeu emitido após a queda do avião na Etiópia.

"Nós tomamos a decisão de manter no solo todos os 737 MAX com base no recente conselho de segurança europeu. Então, a aeronave [que seguia rumo a Tel Aviv] está regressando para onde ela decolou", afirmou.

Anteriormente, na sequência da catástrofe aérea que ocorreu na Etiópia em 10 de março, que virou o segundo acidente aéreo em 5 meses envolvendo um modelo Boeing 737 MAX, vários países anunciaram sobre a suspensão dos voos do modelo e de suas modificações.

Em particular, o Departamento da Aviação Civil do Reino Unido e várias companhias aéreas africanas e centro-americanas suspenderam voos do Boeing 737 MAX, além das autoridades da China, Indonésia, Vietnã, Singapura, Omã, Malásia e Austrália.

Un Boeing 737 Max 8 de la aerolínea indonesia Lion Air (archivo) - Sputnik Brasil
Notícias do Brasil
Gol suspende uso do modelo Boeing 737 MAX 8 após acidente na Etiópia
O Departamento de Aviação Civil da Índia endureceu as exigências para os pilotos do Boeing 737 MAX. A União Europeia também pretende tomar uma decisão quando à continuação do uso do avião.

Na manhã do dia 10 de março, um avião Boeing 737 MAX 8 da companhia aérea Ethiopian Airlines, com 157 pessoas a bordo, se acidentou logo depois de decolar com destino ao Quênia. Entre as vítimas há representantes de 35 países.

Em 29 de outubro de 2018, um Boeing 737 MAX 8 da companhia indonésia Lion Air caiu no mar de Java 13 minutos depois de decolar de Jacarta para Pangkai Pinang com 189 pessoas a bordo, ninguém sobreviveu.

Segundo a Boeing, 350 aeronaves do modelo são operadas por cerca de 50 empresas no mundo.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала