Autoridades gregas revelam motivo de avião oficial venezuelano ter pousado em Atenas

© AFP 2022 / Howard YanesManifestantes em frente à base aérea em Carlota, Caracas, protestam contra a compra de um avião presidencial para o presidente da Venezuela, Hugo Chávez (arquivo, 2002)
Manifestantes em frente à base aérea em Carlota, Caracas, protestam contra a compra de um avião presidencial para o presidente da Venezuela, Hugo Chávez (arquivo, 2002) - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O partido de oposição grego Nova Democracia exigiu que o governo explicasse por que um misterioso avião venezuelano desembarcou no país, após a maioria dos países europeus se recusarem a conceder de pouso. A Sputnik teve acesso à resposta e revela quem estava na aeronave.

A Sputnik Grécia teve acesso à declaração do Departamento de Aviação Civil Grega confirmando que o avião do governo venezuelano que aterrissou no dia 2 de março no Aeroporto Internacional de Atenas estava transportando o ministro venezuelano das Relações Exteriores, Jorge Arreaza. O avião pousou para reabastecer e a embaixada venezuelana solicitou que uma sala VIP fosse fornecida para o ministro durante o procedimento. O avião partiu no mesmo dia às 17h47 para Cabo Verde.

De acordo com o comunicado do departamento, Arreaza não foi visitado por nenhuma autoridade durante sua estada.

Avião de reconhecimento norte-americano RC-135 - Sputnik Brasil
Avião espião dos EUA teria passado horas sobrevoando perto da Venezuela
A declaração responde a uma requisição do partido de oposição Nova Democracia para fornecer um esclarecimento sobre o motivo pelo qual o avião do governo venezuelano com o número de voo YV2486 recebeu permissão para pousar, enquanto a maioria dos países da UE se recusou a concedê-lo. A SKAI News já tinha revelado que o avião transportando o chanceler passou quatro horas no aeroporto e que o ministro havia realizado algumas reuniões durante sua curta estadia.

O avião supostamente deixou Caracas em 24 de fevereiro e conseguiu pousar em Portugal depois do piloto avisar a torre de comando que o combustível estava acabando e alertar que poderia cair se não pousasse. A próxima parada do voo foi feita em Genebra em 26 de fevereiro, após a recusa de vários aeroportos na Europa em aceitá-lo. Depois disso, o avião chegou a Atenas em 2 de março.

 

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала