Mídia revela porque 2ª cúpula entre Trump e Kim terminou antes do prazo

© REUTERS / Leah MillisO presidente dos EUA Donald Trump fala com o líder norte-coreano Kim Jong-un depois de os dois líderes apertarem as mãos durante sua segunda reunião, em Hanói
O presidente dos EUA Donald Trump fala com o líder norte-coreano Kim Jong-un depois de os dois líderes apertarem as mãos durante sua segunda reunião, em Hanói - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O fim antecipado da cúpula entre o líder norte-coreano Kim Jong-un e o presidente dos EUA, Donald Trump, poderia ter sido causado pela exigência de Trump de fechar as instalações secretas de enriquecimento de urânio na Coreia do Norte.

O jornal The Sunday Times sublinha que se trata de uma instalação na cidade industrial de Chollima, a poucos quilômetros de Pyongyang.

O líder norte-coreano Kim Jong-un durante seu encontro com o presidente dos EUA Donald Trump - Sputnik Brasil
Kim pode mudar de ideia sobre dialogar com Trump, revela diplomata norte-coreana
Durante a cúpula, a parte americana exigiu que Pyongyang destruísse as instalações e, após o recusa de Kim Jong-un de fazer isso, suspendeu as negociações. Depois, Trump voou para os EUA, quanto o líder norte-coreano continuou sua visita no Vietnã.

A segunda cúpula entre os Estados Unidos e a Coreia do Norte se realizou nos dias 27 e 28 de fevereiro na cidade vietnamita de Hanói. No decorrer da coletiva de imprensa, Donald Trump declarou que os EUA decidiram não assinar o acordo e que é necessário um acordo "correto" ao invés de "rápido".

O primeiro encontro entre Trump e Kim aconteceu em 12 de junho de 2018, em Singapura. À época, os mandatários concordaram em trabalha pela desnuclearização da península coreana e pela estabilização das relações entre seus países.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала