Pentágono planeja criar armas a laser para equipar blindados

CC BY 2.0 / USAFE / Comboio de blindados Stryker do exército americano
Comboio de blindados Stryker do exército americano - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O Pentágono pretende desenvolver armas a laser de alta energia e instalá-las no veículo blindado Stryker. Em particular, o Departamento de Defesa americano planeja estudar as possibilidades de aumentar a eficiência da instalação HEL (High Energy Laser), de maneira a controlar o raio a laser e resfriar essas armas.

A versão experimental do HEL possui um gerador com uma potência de 50 quilowatts, enquanto a própria instalação é colocada em um caminhão pesado com "grande mobilidade", relata RT.

Fuzil de assalto russo de grande calibre ASh-12 - Sputnik Brasil
'Verdadeiro assassino': National Interest avalia novo fuzil de assalto russo
O Pentágono planeja obter armas mais compactas desse tipo para equipar com elas os veículos blindados táticos de médio porte Stryker. Além disso, os militares dos EUA querem que a implantação da instalação a laser não leve mais d cinco minutos, e que a cadência de tiro seja de 0,02 segundos.

Segundo indica o especialista em Ciências Militares Sergei Suvorov, no futuro próximo é improvável que o laser se torne uma arma tática eficaz, já que muitos outros problemas técnicos ainda não foram resolvidos.

"Os lasers modernos podem facilmente derrubar drones táticos. Mas, na minha opinião, é redundante usá-los para esse fim, não faz muito sentido", acredita o especialista.

Lançamento de um míssil hipersônico russo - Sputnik Brasil
Revista alemã: só defesa eletrônica e armas a laser podem combater novo míssil russo
Nas palavras dele, há outros tipos de armamentos mais capazes para derrubar drones, tais como o sistema automático de artilharia russo Arbalet-DM, que opera com controle remoto.

"Não consigo imaginar por que os americanos precisam de armas tão complexas de operar em combate. Para a destruição de pequenos drones, um análogo do nosso Arbalet é bastante adequado, e não armas que atuem conforme outros princípios físicos", observa.

De acordo o especialista russo, os lasers compactos modernos ainda não terão energia suficiente para destruir veículos blindados.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала