Enchentes matam 20 e deixam 10 desaparecidos no Afeganistão

© REUTERS / Stringer Um veículo médico perto do prédio do hospital destruído da MSF em Kunduz
Um veículo médico perto do prédio do hospital destruído da MSF em Kunduz - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Ao menos 20 pessoas morreram e pelo menos 10 estão desaparecidas devido às enchentes que atingiram o sul do Afeganistão esta semana, informou o Escritório das Nações Unidas para a Coordenação de Assuntos Humanitários (OCHA). Segundo a organização, os moradores de algumas áreas ainda precisam de ajuda de resgate urgente.

Segundo o OCHA, fortes chuvas abalaram a província de Kandahar, no sul do país, na sexta-feira (1), e um total de 97 milímetros de chuva caíram na região nas últimas 30 horas.

Soldados das Forças de Defesa de Israel (foto de arquivo) - Sputnik Brasil
O que Israel está fazendo no Afeganistão?
"As inundações provocadas pela chuva pesada mataram 20 pessoas, incluindo crianças, após suas casas desmoronarem ou que os veículos em que estavam viajando tenham sido varridos. Pelo menos 10 pessoas, incluindo crianças, ainda estão desaparecidas nos distritos de Arghandab, Daman, Spin Boldak e Dand", disse a OCHA em um comunicado deste sábado (2).

O escritório da ONU também apontou "danos severos à infraestrutura", estimando que 2 mil casas tenham sido danificadas em toda a região, sendo 600 destas casas apenas na cidade de Kandahar. As famílias afetadas pelas enchentes, por sua vez, foram evacuadas para áreas seguras. Ainda segundo o documento, os níveis de água continuaram subindo em algumas regiões.

A OCHA sublinhou que cerca de 500 pessoas saídas no distrito de Arghandab estavam presas na margem do rio e precisam de apoio aéreo urgente.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала