Rússia: moradores de Arkhangelsk protestam contra criação de aterro sanitário na região

© Sputnik / Vladimir TrefilovFuncionários da polícia e do Ministério para Situações de Emergência da Rússia perto da entrada do prédio do Serviço Federal de Segurança na cidade russa de Arkhangelsk, atingido pela explosão em 31 de outubro
Funcionários da polícia e do Ministério para Situações de Emergência da Rússia perto da entrada do prédio do Serviço Federal de Segurança na cidade russa de Arkhangelsk, atingido pela explosão em 31 de outubro - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Entre 7 mil e 8 mil pessoas participaram de protestos neste domingo ao longo da região russa de Arkhangelsk contra a criação de um novo aterro sanitário, conforme disseram autoridades locais à Sputnik.

"De acordo com dados preliminares, de 7 a 8 mil pessoas participaram das manifestações em massa na região de Arkhangelsk", disseram as fontes. 

Manifestação dos chamados coletes amarelos em Toulouse, Occitânia, sudeste da França - Sputnik Brasil
Dezenas de policiais ficam feridos durante protestos no sudeste da França
Uma área de aterro sanitário deverá ser criada perto da estação ferroviária de Shiyes, como parte de um acordo firmado entre as autoridades de Moscou e Arkhangelsk para dar conta do grande volume de resíduos sólidos produzidos pela população da capital russa e de cidades dos arredores. 

As estimativas são de que, com o novos aterro, sejam investidos quase 160 milhões de dólares em Arkhangelsk, acompanhados de cerca de 500 novos postos de trabalho. As autoridades também se comprometeram a desenvolver a infraestrutura da região, como parte da implementação do projeto. 

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала