Comediante é investigado no Peru por suposta apologia à violência contra a mulher

© AFP 2022 / Ernesto BENAVIDESMarcha contra o feminicídio no Peru
Marcha contra o feminicídio no Peru - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
A Procuradoria do Peru decidiu abrir uma investigação contra o comediante Jefferson Vásquez Díaz, suposto autor de um delito de apologia à violência contra a mulher.

"A investigação preliminar responde às denúncias recebidas após a divulgação de um vídeo de uma apresentação na qual o comediante ambulante alude a casos de feminicídio, violências sexuais e agressões contra mulheres no Peru", disse o Ministério Público. 

Mulheres da polícia de Tailândia em Bangkok (arquivo) - Sputnik Brasil
Como uma nova regra na Polícia tailandesa coloca em risco milhares de vítimas de estupro
No vídeo mencionado, Díaz aparece em um parque de Lima reclamando que, no Peru, uma pessoa pode ser presa por "elogiar uma mulher", e, sendo assim, completa dizendo que seria melhor estuprar logo. Em seguida, ele faz outros comentários machistas e agressivos, chegando a afirmar que bate em sua mulher porque ela não cozinha. 

O comediante, alvo de inúmeras críticas em seu país, deverá comparecer em breve à procuradoria, que deve pedir uma pena de até quatro anos de prisão para ele, por apologia à violência contra a mulher. 

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала