- Sputnik Brasil
Notícias do Brasil
Notícias sobre política, economia e sociedade do Brasil. Entrevistas e análises de especialistas sobre assuntos que importam ao país.

Protestos #EleNão contra Bolsonaro são vistos ao redor do mundo

© ReproduçãoGrupo de manifestantes em Berlim, Alemanha, participa de protesto de Mulheres Contra Bolsonaro.
Grupo de manifestantes em Berlim, Alemanha, participa de protesto de Mulheres Contra Bolsonaro. - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Neste sábado (29) estão marcados protestos organizados mulheres contrárias ao candidato Jair Bolsonaro (PSL), que lidera as pesquisas de intenção de voto.

Além das cidades brasileiras, ao menos 12 outras cidades, principalmente na Europa, registram atos semelhantes.

Jair Bolsonaro - Sputnik Brasil
Notícias do Brasil
'Eu não aceito um resultado diferente da minha eleição', afirma Bolsonaro
Segundo imagens divulgadas pelo coletivo Mídia Ninja, há manifestações na Alemanha, em Berlim e Bonn; na Itália, em Milão; na Holanda, em Haia e The Hague; na África do Sul, em Cidade do Cabo; na Hungria, em Budapeste; no Líbano, em Beirute; na Irlanda, em Dublin; na Espanha, em Barcelona e Santiago de Compostela; na França, em Paris; e Argentina, em Buenos Aires.

No Brasil, a maor parte dos atos já ocorre. A expectativa é que haja maior concentração de pessoas nas capitais, principalmente São Paulo e Rio de Janeiro.

© Mídia NinjaNo sábado, 29 de setembro, em Milão, na Itália, mulher segura cartaz com o rosto de Marielle Franco e a frase "Ele Não", símbolo do movimento Mulheres Contra Bolsonaro.
No sábado, 29 de setembro, em Milão, na Itália, mulher segura cartaz com o rosto de Marielle Franco e a frase Ele Não, símbolo do movimento Mulheres Contra Bolsonaro. - Sputnik Brasil
No sábado, 29 de setembro, em Milão, na Itália, mulher segura cartaz com o rosto de Marielle Franco e a frase "Ele Não", símbolo do movimento Mulheres Contra Bolsonaro.

Segundo a última pesquisa de intenções de votos, divulgada na noite da sexta-feira (28) pelo DataFolha, Bolsonaro tem 28%, Fernando Haddad (PT) tem 22% e Ciro Gomes (PDT) tem 11%.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала