China acusa EUA de desencadearem maior guerra comercial na história

CC BY 2.0 / Mike Poresky / FogoNota de cinco dólares em chamas
Nota de cinco dólares em chamas - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Pequim critica a decisão de Washington de introduzir novas tarifas sobre produtos chineses, acusando o país de fomentar a maior guerra comercial na história.

Os EUA lançaram uma guerra comercial ao impor, na sexta-feira (6) novas tarifas de 25% sobre as importações provenientes da China, afirma o Ministério do Comércio chinês.

"Em 6 de julho, os EUA começaram a impor tarifas de 25% sobre uma série de produtos importados da China no valor de US$ 34 bilhões de [R$ 132 bilhões]. Os EUA violaram as regras da Organização Mundial do Comércio [WTO] e desencadearam a maior guerra comercial na história da economia", diz o comunicado do ministério.

Moedas e notas de yuan chinês em torno de um dólar norte-americano - Sputnik Brasil
Afinal, guerra comercial entre EUA e China será boa ou ruim para o Brasil?
Além disso, Pequim, que já havia afirmado anteriormente que não planejava dar "primeiro passo", agora se vê obrigado a tomar medidas de retaliação contra produtos agrícolas e automóveis importados dos EUA e notificará à WTO sobre a situação.

Hoje, a China deverá anunciar também a aplicação de tarifas aduaneiras de US$ 34 bilhões (R$ 132 bilhões) sobre produtos importados dos EUA.

Embora o passo da Pequim seja uma ação de resposta, a China anunciará as medidas mais cedo devido à diferença de 12 horas nos fusos horários entre a China e os EUA.

Washington anunciou no dia 15 de junho a decisão de introduzir tarifas adicionais de 25% sobre 818 produtos da China no valor total de US$ 34 bilhões (R$ 132 bilhões). Em resposta, Pequim afirmou que iria tomar medidas de retaliação contra produtos agrícolas e automóveis importados dos EUA.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала