Enigma de Masyanya: animais de estimação de Skripal dão novo giro ao caso

© Sputnik / Pavel Lisitsin / Abrir o banco de imagensPorquinho-da-índia (imagem referencial)
Porquinho-da-índia (imagem referencial) - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
A sobrinha de Sergei Skripal, Viktoria Skripal, está exigindo que Londres explique o que aconteceu com gatas e porquinhos-da-índia do ex-espião russo.

Viktoria Skripal qualificou como "besteira" as informações de Scotland Yard sobre o ex-espião e sua filha terem entrado em contato com uma substância tóxica em casa. Se isso tivesse acontecido, animais de estimação teriam morrido também, opinou a mulher.

Policiais investigando o caso do ex-espião russo Sergei Skripal, em Salisbury (Inglaterra), 13 de março de 2018 - Sputnik Brasil
Reino Unido é incapaz de provar que substância para envenenar Skripal era da Rússia
"Se eles foram envenenados em casa, o que aconteceu com os animais? Tinham uma gata chamada Masyanya da Rússia e outra gata adotada de um abrigo. Depois, Aleksandr [filho de Skripal] e Yulia compraram dois porquinhos-da-índia fofos quando foram a uma loja de animais para comprar ração. Os gatos poderiam ter escapado, mas os porquinhos-da-índia seriam encontrados mortos devido ao envenenamento. Não há nenhuma informação sobre isso", afirmou Viktoria Skripal em entrevista ao jornal Moskovsky Komsomolets.

De acordo com a edição britânica Metro, em março surgiram informações de que os animais de estimação de Skripal foram retirados "para exame". Desde então, a polícia não forneceu nenhuma informação sobre eles. 

Não está claro onde os animais se encontram agora, se foram ou não envenenados, detalhou o jornal.

 

Em 4 de março, Sergei Skripal, ex-oficial da inteligência militar russa que foi recrutado nos anos 90 pelo serviço secreto britânico, e sua filha Yulia foram encontrados inconscientes perto de um shopping na cidade de Salisbury com sinais de envenenamento com agente tóxico.

Polícia britânica na área interditada, onde o ex-espião Sergei Skripal foi encontrado com sintomas de envenenamento - Sputnik Brasil
Mídia: conta bancária secreta poderia ter provocado envenenamento de Yulia Skripal
Londres responsabilizou Moscou por estar envolvida no ataque, alegando que a substância com a qual o Skripal foi envenenado era de fabricação russa. Baseando-se nestas acusações, o Reino Unido e 28 outros países expulsaram um total de 153 diplomatas russos.

Em 3 de abril, o presidente russo, Vladimir Putin, afirmou que substâncias semelhantes ao agente nervoso A-234, supostamente usado no envenenamento do ex-agente russo Sergei Skripal, podem ser produzidas em aproximadamente 20 países.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала