Não, Fidel Castro não é pai de Justin Trudeau

© Sputnik / Eduard Pesov / Abrir o banco de imagensFidel Castro é flagrado fumando no final da visita de Leonid Brezhnev a Cuba (foto de arquivo)
Fidel Castro é flagrado fumando no final da visita de Leonid Brezhnev a Cuba (foto de arquivo) - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
A história que circula de que Fidel Castro é pai do primeiro-ministro do Canadá, Justin Trudeau, é falsa. Tanto Cuba quanto Canadá já negaram a informação e os pais de Trudeu visitaram a ilha caribenha anos após o nascimento do futuro político.

O suicídio do filho mais velho do ex-líder cubano, Fidelito, reacendeu o boato sobre a suposta paternidade. Quando da morte de Castro, em 2016, também houve polêmica após Trudeau emitir comunicado em que chamava o chamava de "um grande líder que serviu ao seu povo por mais de meio século".

Bandeira do Canadá em frente do Parlamento - Sputnik Brasil
Canadá muda letra do hino nacional para respeitar neutralidade de gêneros
No comunicado, o premiê canadense também afirmou que seu pai (Pierre Trudeau, que serviu como primeiro-ministro canadense por mais de 15 anos) estava "muito orgulhoso de chamá-lo [Fidel] de amigo" e que foi uma grande honra conhecer seus três filhos e seu irmão, Raul Castro durante visita a Cuba".

Nesta semana, o governo do Canadá negou mais uma vez a suposta paternidade.

Filho de Pierre Trudeau e Margaret, o premiê nasceu em 25 de dezembro de 1971. Ele nasceu um pouco mais de nove meses após o casamento de seus pais e mais de quatro anos antes de Margaret fazer sua famosa primeira viagem a Cuba e conhecer Fidel Castro. Margaret tinha 22 anos quando se casou com o primeiro-ministro de 51 anos e foi objeto de intenso escrutínio na mídia. Especialistas dizem que seria impossível uma visita anterior a Cuba para passar despercebida.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала