Esta norte-americana se declara Virgem Maria

Nos siga noTelegram
A norte-americana Connie Allen, residente no estado de Tennessee, tentou fugir em vão de uma perseguição policial. Ela disse que recebeu a "permissão de Deus" para fugir, relata Associated Press.

Cristo crucificado é mostrado em um dos carros alegóricos da Mangueira, 27 de fevereiro de 2017 - Sputnik Brasil
'Jesus não nasceu em 25 de dezembro, nem em Belém, nem era esse seu nome'
Um policial, ao perceber uma mulher de 52 anos dirigindo um carro com velocidade acima do permitido a seguiu e sinalizou para que ela parasse o veículo. Em vez disso, a motorista acelerou e assim deu início à perseguição. Outro policial bloqueou a estrada, forçando-a a parar.

Como a mulher se recusava a sair do carro, os policiais começaram a bater nas janelas. Foi quando a norte-americana explicou que ela era a Virgem Maria e que estava acelerando para buscar o menino Jesus. Segundo ela, Deus deu permissão para que ela acelerasse.

Ela também disse que morreu há cerca de cinco anos. Os policias a prenderam por excesso de velocidade, condução perigosa, fuga e por desacato a autoridade.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала