Ampliar o embargo ao petróleo será percebido como declaração de guerra por Pyongyang

© AP Photo / Hasan JamaliExtração de petróleo
Extração de petróleo - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O embaixador da Rússia na Coreia do Norte adverte que as sanções de fornecimento de petróleo ao país asiático "atingiram o seu limite".

Kim Jong-un, líder de Corea del Norte - Sputnik Brasil
Ex-oficial da CIA: Coreia do Norte está 'assustada' com possível ataque dos EUA
O embaixador da Rússia na Coreia do Norte, Aleksander Matsegora, expressou preocupação com as atuais sanções contra Pyongyang e a possibilidade de que elas possam resultar em uma proibição total do embarque de petróleo para o país asiático.

"Se o fornecimento de petróleo e de seus subprodutos for interrompido, isso significará um bloqueio completo contra a Coreia do Norte […] Isso seria percebido [por Pyongyang] como uma declaração de guerra, com todas as consequências que isso implica", disse o diplomata à Sputnik.

Segundo Matsegora a ONU estabeleceu o limite de importação de 540 mil toneladas de petróleo bruto da China por Coreia do Norte, e cerca de 60 mil toneladas de petróleo refinado de outros países. Isso é "uma gota no oceano", disse o embaixador, acrescentando que uma ampliar as sanções seria fatal para a economia. "Já atingimos o limite", concluiu.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала