'Posso ter virgens aqui também?': presidente filipino cria polêmica para ironizar o Daesh

© REUTERS / EZRA ACAYANPresidente filipino Rodrigo Duterte aponta a fotógrafos durante uma cerimônia de premiação dos trabalhadores do governo, no Palácio Malacanang, Manila, Filipinas. 19 de dezembro de 2016
Presidente filipino Rodrigo Duterte aponta a fotógrafos durante uma cerimônia de premiação dos trabalhadores do governo, no Palácio Malacanang, Manila, Filipinas. 19 de dezembro de 2016 - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O presidente filipino Rodrigo Duterte zombou de um dos métodos de recrutamento dos terroristas do Daesh durante seu discurso no Fórum Empresarial Filipinas-Índia, realizado na última sexta-feira em Nova Deli.

Promovendo seu país diante dos empresários, o presidente abordou o tema do jihadismo, que está presente nas Filipinas, e falou sobre as formas como os terroristas recrutam seus membros com uma ideologia "totalmente falida".

Como Duterte indicou, "o chamariz é que se você morrer como mártir, você vai para o céu com 42 virgens esperando por você".

Presidente filipino, Rodrigo Duterte - Sputnik Brasil
Duterte: polícia filipina pode matar os 'idiotas' que resistirem à prisão

"Bem, se eu pudesse transformá-lo em uma proposta também para aqueles que gostariam de vir para o meu país, eu gostaria de ter as virgens aqui, não no céu", brincou Duterte, em meio ao riso da plateia.

Duterte é conhecido por fazer comentários polêmicos. Comentando os casamentos homossexuais, em dezembro, o presidente disse brincando que ele considerava tornar-se bissexual para "desfrutar de ambos os lados, mas isso não aconteceu".

Ele também sugeriu que aceitaria ser assassinado se vier a se tornar um ditador.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала