Ex-chefe do Pentágono apela a elaborar plano no caso de guerra contra Rússia

© AFP 2022 / Vano ShlamovSoldado estadunidense segura lança-foguetes durante os exercícios militares conjuntos Noble Partner 2016 em Tbilisi, Geórgia, em 14 de maio, 2016
Soldado estadunidense segura lança-foguetes durante os exercícios militares conjuntos Noble Partner 2016 em Tbilisi, Geórgia, em 14 de maio, 2016 - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
A OTAN tem que elaborar um plano de ações militares caso aconteça uma guerra contra a Rússia, declarou o ex-secretário de Defesa norte-americano Ashton Carter durante um discurso na sessão de assuntos de cibersegurança do Fórum Econômico Mundial em Davos.

Lançamento de um míssil supersônico russo - Sputnik Brasil
Dia do Juízo Final: que consequências teria um conflito entre Rússia e OTAN?
"Acho que nós e os nossos colegas da OTAN precisamos de elaborar um plano de ações militares contra a Rússia. Também é necessário um plano no caso de uma intervenção dos 'homenzinhos verdes' nos países bálticos, onde eles [a Rússia] podem usar as minorias étnicas", declarou Carter.

O ex-chefe do Pentágono também sublinhou que os EUA não consideraram a Rússia como adversário militar desde a queda do Muro de Berlim. Contudo, nos últimos tempos, a situação mudou, provocando a necessidade de elaboração de um plano militar no caso de um conflito com Moscou.

Antes, Carter havia declarado o início de uma nova Guerra Fria entre a Rússia e os Estados Unidos.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала