Alemanha suspende fornecimentos de armas à Turquia por operação na Síria

© REUTERS / UMIT BEKTASSoldados turcos no topo de seus tanques perto da fronteira turco-síria na província de Hatay
Soldados turcos no topo de seus tanques perto da fronteira turco-síria na província de Hatay - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Alemanha suspendeu suas exportações de armas à Turquia citando a operação militar lançada por Ancara contra as milícias curdas na Síria, informa a revista Spiegel.

Tanque turco durante uma operação perto da fronteira com a Síria - Sputnik Brasil
Chanceler turco: é cedo para discutir com EUA zona de segurança no norte da Síria
Nesta quinta-feira (25), a chanceler alemã Angela Merkel, e o ministro das Relações Exteriores, Sigmar Gabriel, concordaram que qualquer decisão sobre a modernização e fornecimento das armas à Turquia será adiada até a formação de uma nova coalizão governamental.

"O governo federal está muito preocupado com o conflito militar no norte da Síria", afirmou Gabriel.

O ministro alemão explicou que a suspensão dos fornecimentos militares pretende evitar o agravamento das tensões na região, comunica a Spiegel.

A medida afeta os planos de modernização dos tanques Leopard alemães disponíveis para a Turquia, solicitada por esta na primavera de 2017.

Em 20 de janeiro, aviões de guerra turcos começaram a bombardear as posições curdas em Afrin no norte da Síria pouco depois do presidente da Turquia, Recep Tayyip Erdogan, ter anunciado o lançamento da operação militar Ramo de Oliveira. O objetivo da operação é eliminar os grupos curdos considerados terroristas por Ancara, em particular das Unidades de Proteção Popular (YPG).

Erdogan também declarou que o próximo alvo das forças turcas, seria a cidade síria de Manbij, também controlada pelos curdos.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала