Conheça uma 'coroa' russa reutilizável

© Sputnik / Aleksei Filippov / Abrir o banco de imagensLançamento de foguete portador Soyuz-FG transportando a nave Soyuz MS-04 do cosmódromo de Baikonur
Lançamento de foguete portador Soyuz-FG transportando a nave Soyuz MS-04 do cosmódromo de Baikonur - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
A Rússia pode criar um novo foguete portador de um só estágio chamado Korona (o que significa "coroa" em russo), declarou o vice-construtor-geral do Centro Estatal de Foguetes Makeev, Sergei Molchanov.

As capsulas espaciais de Soyuz e Progress, acopladas à EEI. Essa foto foi tirada pelos membros da tripulação da Estação Espacial Internacional - Sputnik Brasil
Cosmonauta russo voa pela Estação Espacial Internacional em cima de aspirador (VÍDEO)
O projeto Korona pressupõe a rejeição da passagem gradual aos foguetes reutilizáveis. Em vez disso, os engenheiros planejam elaborar um portador de um estágio completamente reutilizável, sem etapas intermédias, que somente aumentam o tempo de passagem aos sistemas complexos e os tornam mais caros.

O Korona será uma estrutura reutilizável de um estágio da decolagem e aterrissagem vertical equipada com amortecedores de decolagem e aterrissagem.

Os elementos dos sistemas de foguete que requerem mais energia poderão ser usados no mínimo 25 vezes, e a capacidade de voo total do foguete será de ao menos 100 viagens.

A caraterística especifica do foguete Korona será a possibilidade de aplicação de uma série de sistemas reutilizáveis de lançamento que usam o combustível de aterrissagem para lançar o satélite, e o combustível para regresso será levado por uma nave-tanque.

O motor vai funcionar com base em combustível limpo, querosene e oxigênio liquefeito. O material de construção principal usado será fibra de carbono, e para proteção térmica serão usados ladrilhos cerâmicos.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала