Por que quantidade de ogivas nucleares de Pyongyang é divulgada somente agora?

© REUTERS / KCNANesta foto sem data que foi divulgada pela Agência Central de Notícias da Coreia do Norte em Pyongyang no dia 7 de Março de 2017, o líder da Coreia do Norte Kim Jong-un supervisou o lançamento de mísseis balísticos das unidades da artilharia de Hwasong das Forças Estratégicas do Exercito Popular da Coreia
Nesta foto sem data que foi divulgada pela Agência Central de Notícias da Coreia do Norte em Pyongyang no dia 7 de Março de 2017, o líder da Coreia do Norte Kim Jong-un supervisou o lançamento de mísseis balísticos das unidades da artilharia de Hwasong das Forças Estratégicas do Exercito Popular da Coreia - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Cientistas norte-americanos avaliaram quantidade de ogivas nucleares da Coreia do Norte. O analista em assuntos de segurança, Konstantin Blokhin, comentou os números expostos pelos especialistas estadunidenses.

Líder norte-coreano, Kim Jong-un, durante sua visita a uma instituição de ensino - Sputnik Brasil
'Rússia ajuda Coreia do Norte a se esquivar às sanções'
A Coreia do Norte pode possuir cerca de 20 ogivas nucleares. Além disso, é provável que Pyongyang possua material para produção de mais 60 ogivas, escreveu a revista Bulletin of Atomic Scientists em uma análise dos cientistas norte-americanos Hans Kristensen e Robert Norris.

Em 2017, a Coreia do Norte realizou vários lançamentos de mísseis, bem como seu sexto teste nuclear. O Conselho de Segurança da ONU introduziu e triplicou sanções em resposta às ações de Pyongyang. 

O especialista em assuntos de segurança, Konstantin Blokhin, em entrevista ao serviço russo da Rádio Sputnik, comentou as avaliações dos especialistas norte-americanos. 

"É evidente que os dados são subjetivos já que os serviços especiais dos EUA não têm acesso à Coreia do Norte. São conclusões incertas; dados iguais já foram expostos pelo Japão e pela Coreia do Sul. Em minha opinião, a Coreia do Norte não possui capacidades para produzir mais armas nucleares. As avaliações mencionadas podem corresponder à realidade", assinalou o especialista.

Presidente norte-americano Donald Trump antes de embarcar no avião Air Force One - Sputnik Brasil
Trump diz que situação na Coreia do Norte 'dificilmente será resolvida de forma pacífica'
"O importante é que o establishment norte-americano e o complexo militar-industrial do país asiático serão utilizados na guerra informacional para aumentar pressão e tensões na península coreana, ao invés de resolver problemas. Acredito não ser por acaso que a notícia tenha surgido somente agora, em teses, busca sabotar as negociações entre as Coreias do Norte e do Sul à luz dos Jogos Olímpicos [em Pyeongchang]", concluiu Konstantin Blokhin.

Anteriormente, representantes oficiais da Coreia do Norte e da Coreia do Sul concordaram que suas equipes nacionais marchem juntas com bandeira da "Coreia unificada" na cerimônia de abertura dos Jogos Olímpicos de Inverno de 2018 em Pyeongchang. 

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала