Nomeação de ministra da Solidão no Reino Unido gera onda de sarcasmo nas redes

CC0 / / Man cries
Man cries - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
A premiê britânica, Theresa May, anunciou a nomeação de uma ministra da Solidão ao homenagear o projeto que foi pela primeira vez iniciado pela falecida legisladora britânica Jo Cox, na tentativa de resolver um problema que enfrenta pelo menos 9 milhões de britânicos hoje em dia.

Mãos de uma idosa, imagem referencial - Sputnik Brasil
Idosa de 104 anos revela segredo de longevidade
De acordo com Downing Street, a ministra do Esporte e da Sociedade Civil, Tracey Crouch, também lidará com toda uma série de assuntos relacionados à solidão, infortúnio que afeta milhões de pessoas no Reino Unido.

Ao nomear Crouch para o posto, May afirmou que está disposta a tentar desafiar o problema relacionado com a solidão.

"Gostaria de confrontar este desafio que a nossa sociedade enfrenta. Também gostaria que todos nós tomássemos medidas para resolver o problema da solidão dos idosos, cuidadores, pessoas que perderam seus amados e todos os que não têm ninguém para conversar ou compartilhar seus sentimentos", destacou a premiê britânica.

Os usuários do Twitter, por sua vez, logo reagiram à notícia e às vezes de modo bem sarcástico.

Ministro da Solidão trabalhando

​"Quando a pobreza é a principal razão para solidão, será que Tracey Crouch deve ser nomeada como ministra para resolver o problema, sendo que ela votou contra o aumento de salários para os funcionários públicos, tais como enfermeiros, 12 vezes a favor de um imposto a dormitórios e 45 vezes pela redução de prestações sociais?", escreveu em seu Twitter o internauta @tynewrc.

​"Ministra da Solidão… Sério isso? Os contribuintes pagam os salários ministeriais, isto é, 100 mil libras esterlinas [quase 450 mil reais] para alguém que será responsável por isso? Depois, provavelmente, ouviremos falar de… Ministro por Sentir-se Estranho em Festas? Ministro para Dias do Cabelo Ruim? Ministro da Sonolência no Trabalho?", pergunta o internauta Angus Donald.

​"Theresa May nomeia ministro da Solidão após ter sistematicamente fechado as bibliotecas, centros sociais e de comunicações, onde as pessoas solitárias se sentiam menos sozinhas. Provavelmente, tudo isso faz sentido se você é Tory [político do Partido Conservador] fingindo que tem um coração", escreveu jodiekins.

​"Ministro da Solidão… E o que será de nós, que gostamos da solidão? Uma ideia absolutamente estúpida do governo que já sofreu uma derrota total", disse em seu Twitter o usuário Here's Ray Scott.

Entretanto, também houve aqueles que sinceramente apoiaram a nomeação de Crouch.

​"É bom ver que o governo nomeou um ministro da Solidão, pois devemos agir para combater a solidão, que frequentemente provoca transtornos psíquicos e pode representar o mesmo perigo que fumar 15 cigarros por dia", escreveu a Fundação de Saúde Psíquica do Reino Unido em seu Twitter.

​"A notícia sobre a nomeação de um ministro da Solidão em homenagem à deputada Jo Cox, fez-me lembrar como eu entendi que a solidão, às vezes, não tem nada a ver com a quantidade de pessoas ao seu redor", disse COAisathing em sua conta do Twitter.

​"Uma ótima notícia sobre que Tracey Crouch foi nomeada ministra da Solidão. Hoje vamos celebrar este grandíssimo passo para frente, e amanhã o trabalho árduo começa. Estamos todos ansiosos pelo trabalho conjunto para resolver o problema da solidão em todas as suas formas", comunicou a Fundação Jo Cox em seu Twitter.

​"A nomeação de uma nova ministra da Solidão é uma ideia espetacular, espero que a premiê reconheça que um dos maiores fatores do isolamento social é a pobreza… Neste sentido, o governo pode fazer muita coisa", observou jack monroe.

​"Ministra da Solidão soa como a utopia de Orwell, mas como assistente social há 15 anos, diria que isolamento é um assassino temível. Muito bem!", elogiou o governo o internauta Tom Angel.

Foi precisamente a deputada britânica Jo Cox que pela primeira vez criou uma Comissão para Assuntos de Solidão no Reino Unido. Pouco depois, ela foi morta pelo extremista de direita em 2016.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала