'Não há outra palavra a não ser racista': ONU se insurge contra declaração de Trump

© AP Photo / Eduardo VerdugoImigrantes nos EUA
Imigrantes nos EUA - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
A ONU qualificou de "racista" o polêmico comentário do presidente norte-americano, Donald Trump, sobre os imigrantes de "países de m*rda", afirmando que, pura e simplesmente, não há outra forma de descrevê-lo.

"É um comentário chocante e vergonhoso por parte do presidente dos Estados Unidos.  Não há outra palavra que possamos usar a não ser 'racista'", disse o porta-voz do Alto Comissariado da ONU para os Direitos Humanos, Rupert Colville, citado pela agência Reuters.

"Não se pode desconsiderar países inteiros e continentes como países de m*rda e cujas populações, que não são brancas, em consequência deixam de ser bem-vindas", acrescentou ele.

Vista geral da nova embaixada dos EUA em Londres - Sputnik Brasil
Trump não quer visitar Londres devido ao legado 'maligno' de Obama
Colville declarou "esse assunto é não apenas sobre linguagem vulgar, trata-se de abrir a porta ao pior lado da humanidade, de validar e fomentar o racismo e a xenofobia".

Em 11 de dezembro durante um encontro com congressistas para discutir novas regras de imigração, Donald Trump teria perguntado: "Por que estamos recebendo todas essas pessoas de países de m*rda?" enquanto falava sobre os imigrantes do Haiti e da África. De acordo com os presentes na reunião, o presidente disse que os EUA devem, sim, aceitar mais imigrantes de países como a Noruega.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала