- Sputnik Brasil
Notícias do Brasil
Notícias sobre política, economia e sociedade do Brasil. Entrevistas e análises de especialistas sobre assuntos que importam ao país.

México ainda não sabe se continuará mediando diálogo entre governo e oposição da Venezuela

© SputnikBandeira do México
Bandeira do México - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O governo mexicano ainda está considerando se participará da nova rodada de negociações entre o governo e a oposição da Venezuela na capital da República Dominicana, disse uma fonte diplomática à Sputnik Mundo.

"Ainda não há anúncio oficial sobre a decisão", teria dito o ministro das Relações Exteriores, Luis Videgaray à fonte da agência sobre o assunto.

Tumulto na Assembleia Nacional da Venezuela - Sputnik Brasil
Venezuela acusa Colômbia e México de conspirar com CIA contra Maduro
Videgaray participa nesta quinta-feira da reunião anual de cônsules e embaixadores mexicanos comandada pelo presidente Enrique Peña Nieto, "e o anúncio da decisão oficial é esperado ao final do dia", disse a fonte.

O ministro das Relações Exteriores mexicano disse na segunda-feira que seu país continuará seus esforços diplomáticos para promover uma solução para a crise política e social na Venezuela através do diálogo e negociação entre o governo do presidente Nicolás Maduro e a oposição.

Videgaray, porém, deu indícios da posição mexicana na questão durante o XXIX Encontro de Embaixadores e Consulares do México. Segundo o ministro, para os países que assinaram a Carta Democrática da Organização dos Estados Americanos (OEA), "a democracia representativa deve ser a única forma de governo que prevalece na América Latina e sempre fazemos através da canal diplomático e somente através da via diplomática". A autoridade também esclareceu que seu país "rejeita qualquer sugestão que implique o uso da força, interno ou externo, para a solução do conflito venezuelano".

"No fim das contas, a responsabilidade política de encontrar uma solução recai exclusivamente sobre os venezuelanos", acrescentou, dizendo que o México participa "de boa fé" nesse mecanismo.

Mercosul: chefes de Estado de Chile, Uruguai, Brasil, Argentina, Paraguai e Bolívia, respectivamente. - Sputnik Brasil
Mercosul se oferece para mediar diálogo entre Governo e oposição na Venezuela
No entanto, a permanência do México e do Chile como observadores do diálogo venezuelano era incerta "devido a algumas decisões que o governo venezuelano tomou após a última rodada de negociações", como declarou Videgaray em uma entrevista a uma rede de TV local.

O diálogo venezuelano na República Dominicana é mediado pelo México, Chile, São Vicente e Granadinas, Nicarágua e Bolívia. O Brasil se absteve de participar do processo porque, nas palavras do chanceler Aloysio Nunes, o país "tem lado muito definido" na questão.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала